Prefeitura lança programa “Caminho Certo” e reajusta salário de motoristas e monitores do transporte escolar

Categoria teve aumento no salário e auxílio alimentação
Segunda-Feira, 04 de Julho de 2022 - 11:13

Autor: Renata Beccária

A Prefeitura de Porto Velho lançou, no último fim de semana, o programa Caminho Certo, com o objetivo de ofertar formação e qualificações específicas para servidores do serviço de transporte escolar da rede municipal de ensino. O lançamento do programa aconteceu no Teatro Municipal Banzeiros e contou com a participação de motoristas, monitores e autoridades, entre elas, o prefeito Hildon Chaves e a Secretaria Municipal de Educação (Semed), Gláucia Negreiros.

Foto: Leandro Morais

O lançamento contou com a participação dos 136 motoristas e 136 monitores, além de todos os diretores que coordenam os seus conselhos escolares e que contratam diretamente esses profissionais.

Na ocasião, foi apresentado o projeto de formação dos profissionais responsáveis pelo transporte de cerca de 5.100 alunos em mais de 100 rotas de ida e volta. “Vamos capacitá-los, fazer ações interventivas, apresentar instrumentais de controle de qualidade, atendimento, abastecimento e manutenção dos veículos, justamente para que a gente possa garantir que essa frota, daqui a dez anos, ainda esteja em perfeito uso e em condição de funcionamento. Estamos repensando as práticas atuais, estabelecendo metas para o controle adequado da execução, condicionando o comportamento seguro e defensivo, através de orientações e sugestões de mudanças de acordo com a realidade onde o serviço de transporte é oferecido”, explicou a secretária da Semed.

O foco principal do programa é a garantia do acesso dos estudantes da zona rural às unidades escolares. O serviço de transporte escolar já é ofertado pela Prefeitura desde agosto de 2021 e os ônibus foram adquiridos com recursos próprios do município em 2019 e entregues em 2020, um investimento de R$ 36 milhões, encerrando toda a problemática do serviço que até então era terceirizado com custo alto e sem oferecer resultados de qualidade no atendimento dos alunos que residem no campo.

Foto: Leandro Morais

Estamos comemorando um ano de funcionamento, mas esse programa é lançado agora com esse viés de formação continuada e de diálogo estreito entre motoristas e profissionais de capacitação. É um programa inédito e de fortalecimento que a gente lança na rede e com a possibilidade de um acompanhamento assertivo de toda a nossa equipe da secretaria para um controle da efetividade da qualidade desse transporte escolar”, detalhou Gláucia.

Atualmente, 21 escolas estaduais e 34 escolas municipais são atendidas pelo serviço de transporte escolar do município. São instituições que funcionam nas linhas de União Bandeirantes, Rio Pardo, Comunidade Aliança, Extrema, Nova Califórnia, Abunã, Vista Alegre do Abunã, entre outras localidades da zona rural.

É uma oportunidade de se aplicar uma capacitação. Isso deve ser constante, porque a responsabilidade destes profissionais é muito grande. Nós tivemos um problema por volta do ano de 2018, onde o transporte escolar colapsou, eram veículos de má qualidade para as crianças, um risco real. E nós resolvemos essa questão em 2019, com a aquisição de 146 ônibus escolares. Esta é a frota mais nova do Brasil e que hoje nós conseguimos transportar com mais dignidade e respeito nossas crianças e adolescentes”, disse o prefeito Hildon Chaves.

Foto: Leandro Morais

VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL

Na ocasião, foi anunciado o aumento de salário e do vale alimentação de motoristas e monitores. Motoristas passam a receber, já no pagamento deste mês, um aumento de R$ 1.400 para R$ 1.850 e monitores de R$1.200 para R$1.409, sendo que o vale alimentação de ambos passa de R$ 140 para R$ 500.

Assim como os nossos servidores da Prefeitura, eles merecem toda atenção, merecem o nosso respeito, porque a missão dada a eles é muito séria e muito importante”, concluiu o prefeito.

Fonte - 030 - Prefeitura de Porto Velho

Comentários

News Destaques

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.