Judiciário de RO realiza palestra sobre Qualidade de Vida no Trabalho com servidores, magistrados e estagiários

Trabalhadores terceirizados e de outros órgãos à disposição do TJRO também participam da pesquisa
Terça-Feira, 14 de Junho de 2022 - 11:47

Autor - TJRO

Nesta segunda-feira, 13, servidores(as) magistrados(as), estagiários(as) e demais colaboradores do PJRO assistiram a uma palestra ministrada pelo professor Mário César Ferreira, professor da Universidade de Brasília, que realiza consultoria no Poder Judiciário de Rondônia para ampliação de ações existentes, aperfeiçoamentos e inovações na área da Qualidade de Vida no Trabalho. O primeiro passo será a realização de Diagnóstico, pesquisa por meio da qual serão colhidas informações desses profissionais, a partir da metodologia desenvolvida na UnB. Essa palestra de hoje faz parte da sensibilização para fornecer o maior número de informações possíveis para a participação.


Foto - TJRO

O Secretário de Gestão de Pessoas do Tribunal de Justiça, Gustavo Nicocelli, mediou a apresentação do prof. Mário César e reafirmou a importância do projeto para a instituição, que foi transmitida pelo YouTube do TJRO. Segundo o secretário-geral do TJRO, juiz Rinaldo Forti, para que haja efetividade nesse programa é essencial a participação dos servidores, magistrados e demais públicos-alvo.

O período de respostas à pesquisa terá início no próximo dia 20 de junho e o questionário é bastante intuitivo e de fácil manuseio. As opções são claras e o tempo médio é de cerca de 15 minutos para responder. Segundo o professor Mário Ferreira, serão avaliadas as condições de trabalho e as práticas de gestão pelos próprios profissionais, que são os que detêm informações valiosas que podem nortear as práticas e projetos relacionados ao tema. Experiente, com mais de 13 obras publicadas sobre o tema, o consultor do Programa de QVT do Poder Judiciário de Rondônia já realizou serviços semelhantes em instituições como ministérios públicos Federal e do Trabalho, Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia e da Bahia, Serpro, ANTT, Anvisa, Anac e Anatel, STF, dentre outros.

A confidencialidade é um dos requisitos da metodologia adotada neste trabalho, pois ninguém que responder será identificado. Essa garantia de sigilo é feita por meio de um código que não possibilitará que nem mesmo a equipe do professor da UnB saiba quem assinalou determinada resposta. Os números, a partir dessa abordagem própria, vão direcionar a construção da política de QVT.

Mais de 3 mil pessoas, nas 23 comarcas e na sede, devem assistir à palestra até o final da semana, completando a fase que antecede ao início do período para respostas ao Diagnóstico de QVT do Poder Judiciário de Rondônia, inclusive o pessoal que trabalha em funções terceirizadas como na limpeza e segurança, requisitados como policiais militares e reeducandos do Sistema Prisional que atuam  por meio de convênio, em funções operacionais na Justiça estadual.

Fonte - 025-TJRO

Comentários

News Destaques

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.