Com pacientes recuperados, servidores e autoridades, evento marca encerramento das atividades da Central de Atendimento à Covid-19 em Vilhena

Após 2 anos, Central viu números reduzirem e internações zerar: postos de saúde farão atendimento a partir desta quarta-feira
Quinta-Feira, 02 de Junho de 2022 - 08:15

AutorPrefeitura de Vilhena

Na noite desta terça-feira, 31 de maio, um evento emocionou pacientes recuperados, servidores, autoridades e amigos no encerramento das atividades da Central de Atendimento à Covid-19 de Vilhena, a última unidade municipal que ainda estava em funcionamento no Estado. Mantida pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus), com apoio do Governo do Estado e do Ministério da Saúde, a unidade ofereceu leitos de internação em enfermaria e UTI desde o início da pandemia, bem como atendimentos ambulatoriais desde janeiro de 2021, somando mais de 45 mil consultas e milhares de internados.

Foto: Prefeitura de Vilhena

Estiveram no evento o prefeito Eduardo Japonês, o secretário municipal de Saúde, José Aparecido, os vereadores Wilson Tabalipa e Zé Duda, a ex-secretária municipal de Saúde, Weslaine Amorim, o coordenador da Central, Wueliton Rodrigo, o coordenador da Atenção Básica, Clair Cunha, o pastor Genivaldo Santos, a diretora do Hospital Regional, Cláudia Oliveira, pacientes que contraíram covid-19 e se recuperaram na Central, servidores da Saúde, além dos músicos Simone Carrocia, Ana Paula e Toninho da Gaita. Foram lembrados os nomes de todos os servidores que trabalharam no local, bem como entregues certificados de honra ao mérito assinados pelo prefeito.

O fechamento da Central acontece logo após Vilhena ultrapassar a marca de 20 mil casos vilhenenses confirmados de covid-19. Destes, 1,49% perdeu a vida, totalizando exatamente 300 vilhenenses. Apesar de ser a pior tragédia sanitária do município em sua história, a taxa é menor que o índice estadual (1,78%), nacional (2,14%) e sul-americano (2,24%), ficando próxima de muitos países desenvolvidos.

Após ter registrado mais de 1,2 mil casos ativos, Vilhena tem atualmente 28 pessoas infectadas e nenhum paciente internado devido à covid-19 desde o dia 26 de maio. Além disso, desde 22 de maio não há paciente internado na UTI sem respirador, desde 17 de maio não há paciente intubado e desde 28 de março não há óbito de vilhenense, quando faleceu idoso de 75 anos, antecedido por outro paciente de 63 anos em 26 de fevereiro. No dia mais grave da pandemia em Vilhena, a cidade chegou a registrar seis óbitos em um único dia.

Eu mesmo fui infectado. Fui atendido aqui nesta central e tive a felicidade de me recuperar. Portanto, posso dizer que hoje estou aqui por causa de vocês. Não foram poucas as vezes que me emocionei, vendo pacientes que passaram semanas internados, saindo pela porta da frente, nos braços de seus familiares, comemorando e colocando o nome ali na árvore da vida. Hoje temos o sentimento de dever cumprido, de saber que fizemos tudo que estava ao alcance do município para conseguirmos vencer tantas dificuldades. Parabenizo os profissionais que aqui atuaram e também as equipes de vacinação, que foram fundamentais para esse resultado. A vitória é de todos e sabemos da competência e humanidade com a qual vocês trabalharam”, garantiu o prefeito Eduardo.

O secretário municipal de Saúde, José Aparecido, enfatizou a importância da vacinação. “170 mil doses de vacinas aplicadas depois, a cidade respira aliviada. O número de novos casos é o menor dos últimos 19 meses, sendo 3 novos confirmados por dia, em média. Podemos dizer agora que vencemos a guerra contra a covid-19, mas não deixaremos de nos prevenir. A vacinação continuará e aqueles que estiverem com sintomas gripais recebem recomendação de usar máscara. Além disso, o atendimento não acabou: os postos de saúde continuarão prestando atendimento a todos que tenham sintomas gripais”, explicou.

Zé Duda lembrou que “a Prefeitura abriu a Central e cuidou de pessoas não só de Vilhena, mas de várias cidades do Estado. Quero parabenizar cada servidor que se dedicou a esse trabalho”. Por sua vez Wilson Tabalipa destacou que a “dedicação dos servidores resultou em vidas salvas. Parabéns a cada um de vocês, todos, da limpeza, os médicos, a enfermagem, os técnicos, todos”.

A vacinação em Vilhena continua em todos os postos de saúde com todas as doses. Na última segunda-feira a terceira dose foi liberada para todos com 12 anos ou mais e a quarta dose para pessoas com 60 anos ou mais.

Mais informações sobre a saúde municipal podem ser conseguidas pelo WhatsApp institucional 3322-2945.

Fonte - 030 - SEMCOM

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.