Médicos de Vilhena ganharão aumento de 50% no salário base, conforme proposta do Gabinete do Prefeito

Investimento de mais de R$ 4,2 milhões corrige defasagem de 13 anos após reuniões da classe com Japonês
Quarta-Feira, 01 de Junho de 2022 - 08:40

Autor: SEMCOM

O prefeito Eduardo Japonês, após reuniões com médicos e estudos técnicos da Secretaria Municipal de Administração, anunciou projeto para aumento de 50% no salário base dos médicos contratados pela Prefeitura. A matéria será enviada à Câmara Municipal de Vereadores após a aprovação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR), atualmente em debate no Legislativo local. Com a ação o investimento adicional por ano será de R$ 4,2 milhões, com a previsão de contratação de pelo menos mais três médicos de maneira imediata e outros na sequência, conforme avaliação da Secretaria Municipal de Saúde (Semus).

Foto: Assessoria 

"Temos conversas constantes com os médicos e a nossa proposta, feita em conjunto com eles, faz o salário base sair de R$ 6.615 para R$ 9.992, superando a defasagem salarial da classe, visto que o último aumento foi de 5% em 2014 e o anterior foi lá em 2009, ou seja, 13 anos atrás. Imediatamente serão beneficiados os 51 médicos em atividade no município, mas todos os que vierem a ser contratados terão remuneração melhor. Nossa intenção com isso é reconhecer o trabalho destes verdadeiros salvadores de vidas, bem como atrair mais médicos para Vilhena", conta o prefeito Eduardo Japonês.

A expectativa é que a capacidade de atendimento da Saúde municipal melhore, que mais pacientes possam ser consultados e novos especialistas se sintam estimulados a vir para a cidade. Isso porque apesar de tentar aumentar a quantidade de médicos no quadro, a Semus não consegue preencher as vagas: em convocação recente, por exemplo, foram abertas 29 vagas, mas só 2 médicos se interessaram pela oportunidade.

De acordo com o prefeito, outra melhoria prevista, já acertada também em reuniões no gabinete, é o aumento salarial dos enfermeiros. "Após o fechamento do segundo quadrimestre fiscal, poderemos observar bem o impacto do PCCR, do reajuste do magistério, do aumento dos médicos, das novas contratações e de como a arrecadação se comportou. Então apresentaremos o projeto para aumento da remuneração dos enfermeiros. Apesar de eu ter feito pessoalmente várias reuniões com profissionais da Saúde, aos demais servidores que desejarem informações sobre as tratativas ou apresentar novas reivindicações, podem procurar o sindicato", assegura Japonês.

O secretário municipal de Saúde, José Aparecido, explica que há mais contratações previstas para este ano. "Como o Governo Federal encerrou o programa Mais Médicos, houve também uma revisão do programa para o Médicos Pelo Brasil. A consequência é que a quantidade de profissionais destinados a Vilhena foi reduzida. Perdemos alguns médicos com isso. Precisamos repor e ainda aumentar. Ao longo do ano pretendemos fazer várias contratações", completa.

Fonte - 030 - SEMCOM

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.