Projeto Saber Viver fará audiências públicas para socialização do Prognóstico do Saneamento Básico dos municípios assessorados

O Saber Viver é uma parceria entre o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) e a Funasa.
Segunda-Feira, 16 de Maio de 2022 - 17:14

Autor: Assessoria de Comunicação e Eventos - ASCOM/IFRO

Tendo como objetivo informar e conscientizar a população sobre o prognóstico com os cenários atuais e futuros do saneamento básico dos municípios de Cabixi, Urupá, Novo Horizonte, Ministro Andreazza, Colorado do Oeste, Chupinguaia, Guajará-Mirim e Parecis será realizada a 3ª Audiência Pública para construção do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB). As audiências serão entre os dias 5 e 19 de maio de 2022, em cada localidade, promovidas pela equipe do Projeto Saber Viver, Fundação Nacional da Saúde (Funasa) e Comitês de Coordenação e Execução.

FotoAssessoria de Comunicação e Eventos - ASCOM/IFRO

O Saber Viver é uma parceria entre o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) e a Funasa. O projeto visa assessorar tecnicamente a gestão municipal de Ouro Preto do Oeste e mais 18 municípios rondonienses na elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB).

A iniciativa busca informar e conscientizar o cidadão quanto à realidade do saneamento básico, considerando que ele é fator fundamental para a segurança e para a promoção da saúde aos cidadãos. De acordo com o Superintendente da Funasa, João Marcos, “o prognóstico simboliza a reta final do Plano Municipal de Saneamento Básico e representa, não só para a Funasa, IFRO e municípios, mas para toda Rondônia, um importante marco, pois coloca o estado em destaque quanto ao planejamento, rumo à universalização dos planos, entrando para o ranking dos estados com universalização de PMSB, onde os municípios serão os primeiros do Brasil a terem seus planos de saneamento em consonância com a nova lei do saneamento básico.

Convite

As audiências têm como público-alvo toda a população dos municípios e toda a comunidade interessada, uma vez que as ações de saneamento básico estão interligadas à promoção da saúde da população, por isso é importante discutir, propor, planejar e monitorar as ações sanitárias do seu município. Segundo Ronilson de Oliveira, da Pró-Reitoria de Extensão (Proex/IFRO), “Cabixi, Urupá, Novo Horizonte, Ministro Andreazza, Colorado do Oeste, Chupinguaia, Guajará-Mirim e Parecis são os primeiros municípios a socializarem o prognóstico, etapa importante na elaboração do PMSB”.

Na audiência, será socializado o prognóstico referente às condições dos serviços do saneamento básico prestados à população dos oito municípios. Segundo os organizadores, foram concluídas as etapas fundamentais para a elaboração de um plano de saneamento consciente e consistente, como o diagnóstico, que levanta todas as carências e demandas dos sistemas de saneamento no município, e se chegou ao prognóstico, momento fundamental, que é a proposição dos objetivos e metas que irão sanear as deficiências levantadas no diagnóstico. Nessa etapa, serão estabelecidas soluções graduais e progressivas, com proposição de metas de curto, médio ou longo prazo, além das de implementação imediata, voltadas para a universalização do acesso aos serviços, com base na legislação vigente.

Para a realização do prognóstico, foram utilizadas as informações levantadas nos eventos setoriais e entrevistas com a população urbana, rural e povos tradicionais, a fim de captar a percepção social, as demandas e aspirações da população. Já no enfoque técnico foram levantados e confrontados os dados ambientais, hidrológicos e socioeconômicos de todas as áreas do município, a fim de propor os cenários futuros ideais para cada caso dos componentes do saneamento básico.

A audiência pública faz parte de uma das etapas da construção do Plano Municipal de Saneamento Básico dos municípios e tem como elemento balizador a participação social para o êxito na construção dos planos. “Toda a população dos municípios é convidada a construir o PMSB, para que esse seja consolidado enquanto um instrumento de representação da realidade social, econômica e cultural”, afirma Ronilson.

As audiências estão sendo transmitidas através do canal do YouTube. O “Saber Viver RO” ainda possui as mídias Facebook e Instagram.  As audiências podem ser conferidas através dos seguintes links:

• Cabixi  https://www.youtube.com/watch?v=2Qg0z-WPQSA

• Urupá  https://www.youtube.com/watch?v=GJE_Nx0SM-0

• Novo Horizonte https://www.youtube.com/watch?v=_sZ4M3EiKPI

• Ministro Andreazza   https://www.youtube.com/watch?v=vSZbfrXczxA

• Colorado do Oeste  https://www.youtube.com/watch?v=_qKFuc2seOs

• Chupinguaia  https://www.youtube.com/watch?v=NF5MIRWCrGw

• Parecis  https://www.youtube.com/watch?v=i3WgIFkUwc0

Fonte - 030 - Assessoria de Comunicação e Eventos - ASCOM/

Comentários

News Destaques

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.