Fiocruz: instituição aponta tendência de aumento da Síndrome Respiratória Aguda Grave em Rondônia e mais 14 estados

Taxa de Influenza-A também pode aumentar
Segunda-Feira, 09 de Maio de 2022 - 19:26

Autor: Emerson Barbosa

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) apontou uma ligeira tendência de um possível aumento de casos da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em Rondônia e  outros 14 estados do país. O comunicado foi feito por meio de um boletim da instituição, classificando desta vez o público adulto, de 14 das 27 unidades federativas.

Na lista, foram incluídos com uma tendencia de alta da SRAG, os estados do Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima e Santa Catarina.

Em entrevista a CNN Brasil, o pesquisador da Fiocruz, Marcelo Gomes, disse que o aumento dos registros pode estar atrelado ao também crescimento de casos leves do novo coronavírus (Sars-CoV-2). Não está descartada a elevação de casos da Influenza-A que provoca a gripe.

Fonte - ƒ News Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.