Estudantes do Instituto Estadual Carmela Dutra conhecem pontos históricos do Centro de Porto Velho

Professores da Rede Estadual conduzem estudantes ao passeio em parceria com a Funcer
Terça-Feira, 03 de Maio de 2022 - 15:24

Autor: Montezuma Cruz

Uma programação diferente possibilitou a estudantes do Instituto Estadual de Educação Carmela Dutra conhecer diversos pontos turísticos e históricos do Centro de Porto Velho. A programação  aconteceu no domingo, 1º de maio, numa iniciativa da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) em parceria com a Fundação Cultural do Estado de Rondônia (Funcer).

Foto: José Freire

Os estudantes visitaram o Palácio Presidente Vargas, antiga sede do Governo de Rondônia e atualmente se transformou no Museu da Memória (Memo). Também foram realizadas visitas ao prédio da sede administrativa da Universidade Federal de Rondônia (Unir), ex-Porto Velho Hotel; o Palácio das Secretarias; o Teatro Estadual Palácio das Artes; o Mercado Cultural; e parte do sítio ferroviária da extinta Estrada de Ferro Madeira-Mamoré.

A cada monumento visitado, os estudantes tiveram acesso a aula prática de história com os professores e ficaram sabendo, por exemplo, sobre os responsáveis pelas obras e as datas de construção dos prédios, além de suas finalidades e objetivos.

“Foi uma aula de educação patrimonial planejada para valorizar a nossa história e resgatar o centro histórico de Porto Velho. É um conhecimento que está à disposição de todos, especialmente, dos jovens”, disse o professor, Lourismar Barroso, autor do livro: Rondon, uma vida dedicada ao Brasil

CARMELA DUTRA

Tradicional escola porto-velhense, com ensino de ponta e uma grande equipe de professores, o Carmela Dutra faz jus à sua longa trajetória na na educação. Na instituição se formaram, em meados do século passado, os primeiros professores no então Território Federal do Guaporé. Construída em 1948 na condição de Escola Normal do Guaporé, o Carmela Dutra vem mantendo a sua tradição ao longo das décadas, fato lembrado aos estudantes pelo professor Lourismar Barroso.

“Dava para notar a alegria e satisfação nos rostos de cada aluno que ali estava adquirindo conhecimentos a respeito de sua cidade, da sua história e memória”, comentou Barroso.

“Quem coordenou a programação foi o professor Hermano, e eu fui convidado especial; comigo estavam o amigo professor historiador Mário Sávio. Eles proporcionaram aos alunos um pouco de seus conhecimentos”, informou. Sávio é natural de Porto Velho, filho de família com antiga influência política e que conviveu de perto com a cidade e conhece sua história.

Apoiados pela direção escolar e por esses professores, estudantes, coordenadores e monitores se reuniram nesse passeio. “Todos aprenderam mais ainda”, disse Barroso.

Possivelmente, conforme Barroso, outros passeios semelhantes poderão acontecer. A programação pode se estender aos alunos de outros estabelecimentos, a exemplo do programa da Seduc que leva estudantes a conhecer o Museu Rondon, na Estrada de Santo Antônio.

Fonte - 030-SECOM - GOV/RO

Comentários

News Destaques

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.