QUERIA NAMORAR - Depois de matar a tia degolada, garota vai até a praça deliciar sorvete - Por Anderson Nascimento

Familiares afirmam que a garota queria namorar, porém, a tia não permitiu.
Terça-Feira, 25 de Janeiro de 2022 - 16:13

Diz um ditado popular, "mente vazia, oficina de Satanás". Parafraseando a notícia, uma "aborrecente" de apenas 14 anos de idade, resolveu dar um fim trágico à tia, Maria Antonieta Abreu, de 39 anos. Com várias facadas, a adolescente matou a vítima e depois foi tomar sorvete, como se nada estivesse acontecido.

O crime em si, aconteceu em Feijó, há 350 quilômetros da capital Rio Branco, no Acre. Autoridades apontam que a adolescente estava sendo impedida de sair. Por este motivo, a adolescente aproveitou o momento em que a tia estava distraída assistindo televisão, e de posse de uma faca desferiu o primeiro golpe no pescoço.

A vítima tentou se defender, porém neste momento acabou recebendo outros golpes na região da face e tórax. O filho da vítima (também menor de idade) ouviu os pedidos de socorro e correu para verificar o que estava acontecendo e também foi atingido com golpes de faca.

Após a tia cair morta na sala, a menor pensou que o primo também tinha morrido. Como se nada estivesse acontecido, a adolescente tomou banho, trocou de roupa e foi para a praça da cidade, adoçar a vida com um sorvete.

O primo dela, embora estivesse fraco e quase desfalecendo, abriu a janela do quarto e pediu socorro de vizinhos, que acionaram a polícia.

Os policiais foram até a praça e fizeram a apreensão da garota. Familiares afirmam que a garota queria namorar, porém, a tia não permitiu. O filho de Maria recebeu atendimento médico e encontra-se internado no hospital.

Fonte - Anderson Nascimento - Newsrondonia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.