Mesmo com vários trabalhadores infectados, Santander insiste em abrir agências neste sábado (22)

Já a agência de Ji-Paraná está, hoje, fechada por causa dos casos confirmados nesta semana.
Sexta-Feira, 21 de Janeiro de 2022 - 14:45

Com apenas oito unidades em todo o Estado e com casos de bancários e terceirizados infectados pelo novo coronavírus em quatro delas (as duas da capital, a de Ji-Paraná e a de Vilhena), o Santander vai abrir suas unidades neste sábado (22/1), das 10 às 14 horas, como lançamento da campanha "Desendivida", assim como acontecerá em todo o país.

Em Porto Velho (que sempre liderou os tenebrosos números da covid desde o início da pandemia) os casos são confirmados nas duas agências. Na 0674 (José de Alencar, Centro, próxima à Caixa) dois bancários e dois vigilantes testaram positivo (e foram afastados) e outros funcionários continuam apresentando sintomas de covid ou de gripe (Influenza). Na agência 3253 (Sete de Setembro, Centro) mais duas pessoas também positivaram para covid-19.

Já a agência de Ji-Paraná está, hoje, fechada por causa dos casos confirmados nesta semana.

O banco quer abrir todas as suas três mil agências no país por conta da iniciativa da direção nacional do banco em, supostamente, "ajudar a população inadimplente a não ficar sem crédito no mercado, num momento de desemprego agravado pela crise econômica e sanitária no país".

"Acreditamos que o número de trabalhadores infectados pelo coronavírus e que estão, diariamente, atendendo nas agências do Santander (e de outros bancos e cooperativas de crédito) pode ser ainda maior, pois é de conhecimento público o atual cenário, em que a procura por testes de covid-19 explodiu de vez. Mas além da demora do resultado em alguns laboratórios, existe a falta de testes em farmácias e até na rede pública, por causa da carência de insumos para tais testes em todo o país. Ou seja, muita gente que está trabalhando no presencial, sequer sabe se está ou não com a doença, porque não teve sequer como fazer o teste ou saber seu resultado a tempo. Por isso a nossa preocupação e o nosso alerta para toda a população, e o recado ao banco, de que, definitivamente, este é o pior momento de abrir agências num sábado", avalia Clemilson Farias, diretor de Finanças do Sindicato e funcionário do Santander.

AÇÃO

O Sindicato ajuizou ação junto à 4ª Vara do Trabalho (TRT 14) com o pedido de tutela de urgência para impedir a abertura das agências do Santander em Rondônia. Novas informações a qualquer momento.

Fonte - assessoria

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.