Como fazer baião de dois?

Aprenda o passo a passo desta maravilhosa e tradicional receita.
Terça-Feira, 18 de Janeiro de 2022 - 14:50

Quando “bate” um desejo de comer um prato típico especial, não há nada que tire a vontade de provar aquele sabor específico, não é mesmo? Muitas vezes, a lembrança da receita vem através de alguma memória afetiva, por conta da época do ano ou devido a alguma foto em uma rede social qualquer.

O motivo não importa, pois o melhor é tratar de correr para o supermercado, buscar os ingredientes e colocar a mão na massa. Das receitas que levam carnes, uma das campeãs de buscas na internet é o clássico baião de dois, você sabia? Mas, afinal, qual a origem deste prato delicioso?

Boa parte da resposta já se encontra no próprio nome. Típico da culinária cearense, o prato leva o nome da tradicional dança típica nordestina que é o baião, fazendo uma alusão à mistura harmoniosa dos dois principais ingredientes, que são o arroz e o feijão (o indicado é o feijão de corda).

O prato se popularizou como uma receita tipicamente brasileira justamente pela união destes dois grãos, de fácil acesso e tão apreciados em terras tupiniquins. O termo “baião de dois” se popularizou também com a difusão da música, de mesmo nome, composta pelo famoso “rei do baião”, o pernambucano Luiz Gonzaga, em parceria com o compositor cearense Humberto Teixeira.

Confira o trecho:

“Abdom que moda é essa

Deixe a trempe e a ‘cuié’

Home não vai na cozinha

Que é lugá' só de mulhé'

Vô ' juntá' feijão de corda

Numa panela de arroz

Abdom vai já pra sala

Que hoje têm baião de dois

Ai, ai ai, ai baião que bom tu sois

Se o baião é bom sozinho

Que dirá baião de dois

Ai, ai ai, ai baião que bom tu sois

Se o baião é bom sozinho

Que dirá baião de dois

Ai ai, baião de dois, ai ai, baião de dois”

Sem mais delongas, vamos ao que interessa: acompanhe, a seguir, o passo a passo da receitinha de baião de dois e bom apetite!

Você vai precisar de:

- 2 xícaras de chá de arroz;

- 2 xícaras de chá de feijão de corda;

- 200g de queijo coalho (cortado em quadrados);

- 150g de bacon (cortado em cubos);

- 2 dentes de alho picados;

- 1 cebola picada (cortada em cubos pequenos);

 - 2 colheres de sopa de manteiga;

 - 2 colheres de coentro picado;

 - sal e pimenta a gosto.

Modo de preparo:

Em uma panela, cozinhe meio quilo de feijão de corda com 3 litros de água durante cerca de 40 minutos. Atenção: É importante ter deixado o feijão de molho na véspera do preparo da receita.

Em outra panela, aqueça o óleo e frite o bacon até que ele fique bem douradinho. Acrescente a cebola e o alho. Por fim, adicione o coentro picado e o arroz. Refogue bem e adicione o feijão cozido com o caldo e os temperos. Depois, tampe a panela e cozinhe, em fogo baixo, por cerca de 15 minutos ou até que o arroz fique cozido e úmido.

Por último, misture o queijo coalho picado e tampe a panela para que o vapor derreta o queijo. Sirva quente.

Serve de 5 a 6 pessoas

Dificuldade: baixa a média

Tempo de preparo: ½ a 2 horas

OBSERVAÇÃO:

Não é necessário seguir a receita à risca. Você pode variar a execução de acordo com sua preferência. Se quiser, além do bacon, é possível adicionar vários outros tipos de carne, como calabresa, carne seca, entre outras. O importante é manter a ideia original, sem deixar de misturar o arroz e o feijão de corda (pode ser fradinho também).

Porém, a forma de fazer e alguns ingredientes extras podem variar. Na internet você encontra diferentes formas de preparo, então certifique-se de cozinhar o seu baião de dois com bons ingredientes e, claro, muito sabor!

Fonte - assessoria

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.