IMUNIZAÇÃO - Porto Velho começa a vacinar crianças contra a covid-19

Inicialmente a ação contempla crianças de 11 anos e imunossuprimidas e portadoras de deficiência permanente de 5 a 11 anos
Terça-Feira, 18 de Janeiro de 2022 - 09:31

O início da vacinação contra a covid-19 em crianças nesta segunda-feira (17), em Porto Velho, trouxe um alívio para Luciana dos Santos Vasconcelos. De tão emocionada que estava, ela chorou ao relembrar o drama que passou com o filho Luiz Eduardo Vasconcelos, de 11 anos. O menino contraiu a doença em março do ano passado e passou cerca de 10 dias entubado no Hospital Infantil Cosme e Damião.

“Eu acho que é uma benção essa vacina chegar até as crianças. Eu ficava muito triste porque via os adultos sendo vacinados e as crianças ficavam à mercê, sendo que elas adoecem da mesma forma ou até pior que os adultos. É uma graça estar aqui, hoje, vacinando meu filho e ver que estão vacinando todas as crianças”, comentou.

Outra que ficou feliz com a chegada da vacina foi a artesã Poliana Barbosa Santos. Ela cria uma neta de 8 anos, a qual levou para receber a dose. “A vacina é muito importante e, com isso, me sinto mais segura”, disse. Acrescentou que a vacina é uma proteção e que os pais não devem ter receio de vacinar seus filhos porque é um processo igual aos demais imunizantes que recebem desde que nascem.

ABERTURA

A campanha de vacinação contra a covid-19 para essa faixa etária começou oficialmente na tarde desta segunda-feira (17) na Escola Municipal Francisco Lázaro dos Santos, ao lado da Unidade de Saúde Castanheira, zona Sul da cidade. Inicialmente, as crianças de 11 anos receberão as doses, assim como as imunossuprimidas e portadoras de deficiência permanente, de 5 a 11 anos.

Na ocasião, o prefeito Hildon Chaves explicou que Porto Velho tem cerca de 55 mil crianças que irão receber o imunizante. Ele acredita que dentro de 45 dias esse público já esteja vacinado, começando pelos de 11 anos até chegar aos de 5. “Nós temos feito um apelo especial aos pais e mães para que não deixem de vacinar seus filhos, e que protejam a vida desses meninos e meninas. A vacina representa a ciência e ela é realmente muito eficaz e tem salvado milhões de vidas em todo mundo”, declarou.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Porto Velho recebeu, até o momento, 3 mil doses do imunizante. A previsão é que receba na terça-feira (18) uma nova remessa do Ministério da Saúde.

LOCAIS DE VACINAÇÃO

A secretária municipal de Saúde, Eliana Pasini, explica que Porto Velho, nesse primeiro momento, vai atuar de duas formas simultâneas na imunização das crianças. Em uma, equipes de vacinadores vão atender nas escolas ao lado das Unidades de Saúde dos bairros Castanheira, Caladinho, São Sebastião e Aponiã somente aquelas crianças com comorbidades ou deficiência permanente, de 5 a 11 anos, das 13h às 17h. Os pais ou responsável devem apresentar receita médica, prescrição ou laudo médico para comprovar a situação de prioridade.

Já nas demais unidades de saúde (das 13h às 17h) e no Porto Velho Shopping (das 13h às 19h) serão atendidos os menores com 11 anos de idade sem comorbidades ou deficiência. “A princípio estamos vacinando apenas crianças com 11 anos de idade. Na medida que formos avançando, atenderemos as demais”, ressalta Pasini.

A vacina só é aplicada com a presença dos pais ou responsáveis pelas crianças. A presença deles autoriza o ato. Não é necessária autorização por escrito.

Nesta etapa da campanha é utilizada a vacina pediátrica Pfizer intramuscular. Após oito semanas será ministrada a segunda dose do imunizante.

A Semusa destaca que a vacinação dos adultos continua normalmente nas unidades de saúde e no Porto Velho Shopping.

 

Texto: Augusto Soares
Foto: Wesley Pontes

Fonte - 025-Prefeitura de porto velho

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.