Perícia do INSS por videoconferência: De Rondônia, apenas Ji-Paraná receberá os serviços

A Portaria N° 1.404 que definiu os termos do PMTU saiu no Diário Oficial da União desta quinta-feira (13).
Quinta-Feira, 13 de Janeiro de 2022 - 18:14

Ji-Paraná é a única cidade de Rondônia que receberá, por enquanto, um serviço de atendimento de perícias médicas do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) por videoconferência. O projeto-piloto denominado Perícia Médica com Uso da Teleavaliação (PMUT) vai durar três meses em cerca de 10 cidades brasileiras. 

O motivo do projeto é para desafogar as demandas do INSS. Desde o ano de 2020, os números de solicitações de perícias saltaram em virtude da suspensão dos atendimentos no INSS, por causa da Covid-19. A Portaria N° 1.404 que definiu os termos do PMTU saiu no Diário Oficial da União desta quinta-feira (13).  

Um convênio foi assinado hoje entre o INSS, o Governo Federal e a Prefeitura de Ji-Paraná para implementar o projeto-piloto. Segundo o prefeito da cidade, Esaú Fonseca (MDB), “O serviço deve ser iniciado em breve, dentro de alguns dias, e a população de nosso município poderá fazer as perícias médicas, por meio da Semdae”.

Vale lembrar que as perícias são necessárias para verificar a possibilidade de ser concedido, prorrogado ou interrompido o pagamento de benefícios previdenciários. 

Fonte - News Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.