Corpo de Bombeiros de Rondônia age rápido no socorro a sobreviventes de acidente de alta gravidade na BR-364 no Cone Sul

De acordo com o sargento BM Leandro Rossendy, do 3º Grupamento de Bombeiros de Vilhena, do veículo pequeno, duas meninas foram socorridas.
Sábado, 04 de Dezembro de 2021 - 11:45

Sobreviventes de um acidente de alta gravidade, na BR-364, sentido Cuiabá, 70 quilômetros da entrada de Vilhena, ocorrido na tarde de sexta-feira (3), envolvendo um carro de passeio e uma carreta carregada de milho, foram auxiliados pelo Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia (CBMRO).

De acordo com o sargento BM Leandro Rossendy, do 3º Grupamento de Bombeiros de Vilhena, do veículo pequeno, duas meninas foram socorridas. Elas foram deslocadas para o hospital, assim como o motorista do caminhão, a esposa e uma criança.

“Pela força da batida, foi um acidente de alta gravidade. Os primeiros socorros foram feitos pela equipe que passava no local, em deslocamento de Pimenta Bueno para Vilhena. Eles tiraram um dos ocupantes do veículo que estava perto das chamas para preservar o corpo, e auxiliaram na condução dos sobreviventes. Depois fizemos o isolamento da área para não expor as vítimas”, explica o sargento.

O caminhoneiro Jorge Mazon viu o acidente acontecer. “O carro pequeno passou por mim e bateu na carreta de trás. Ele tinha feito a ultrapassagem, mas depois quis voltar, perdeu o controle e saiu rodando na pista até bater o caminhão “, conta.

Jorge Mazon ainda ajudou os sobreviventes. A  parte dianteira da carreta caiu na água, e as testemunhas relatam que o caminhoneiro conseguiu nadar e ajudar a família, no primeiro momento.

A batida bloqueou a rodovia, causando congestionamento de mais de 20 quilômetros para cada sentido da via. A liberação da pista ocorreu depois de quase oito horas. Em casos de sinistros, a população pode acionar o Corpo de Bombeiros pelo 193.

Fonte
Texto: Vanessa Moura
Fotos: Daiane Mendonça

Fonte - 010 - SECOM - GOV/RO

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.