Com 48 horas do show milionário de Gustavo Lima, Associação recorre ao MP-RO para que cancele o evento

Impasse estaria no risco da chegada da variante Ômicron em PVH
Quarta-Feira, 01 de Dezembro de 2021 - 18:10

Foi confirmado na terça-feira (01) o terceiro caso da variante Ômicron, desta vez em um passageiro da Etiópia que desembarcou no Brasil. Com isso, as autoridades já observam com preocupação a possível explosão de outros casos.

Em Rondônia, ainda não foi detectada nenhum registro da nova variante, mas o temor que a cepa possa circular no estado estaria por conta dos eventos autorizados em decreto pelo governo estadual e a prefeitura de Porto Velho. A Associação dos Direitos da Cidadania de Rondônia (ADCR) entrou nesta terça-feira (01) com uma ação civil publica no Ministério Público Estadual (MP-RO).

A associação representada pelo advogado Caetano Neto, pede ao órgão o cancelamento do show do cantor Gustavo Lima previsto para acontecer na próxima sexta-feira (03) no Estádio Aluísio Ferreira. Neto fala em um possível colapso na saúde.

“É urgente o efeito de medidas pelas autoridades para que se evite um colapso pela doença no sistema de saúde da capital”, declara.

No documento, a Associação alega que o evento tendo em vista a grande aglomeração que terá pode marcar a chegada da temida variante Ômicron ao município de Porto Velho e consequentemente invadir outros em Rondônia.

Ainda de acordo com a Associação, “a que levar em conta o novo decreto assinado pelo prefeito Hildon Chaves (sem partido) que voltou a tornar obrigatório o uso de máscara em locais públicos da capital”.

O News Rondônia deixa aberto o espaço para que a prefeitura se manifeste contra a carta aberta pelo advogado por meio da Associação.

A informação é de que a organização do evento esteve no Ministério Público de Rondônia e está ciente das medidas sanitárias para realização do show. Só será permitida a entrada no evento de quem estiver imunizado com duas doses da vacina contra o Covid-19. No local, também será verificado a temperatura do público para entrada no espaço.

As medidas já conhecidas pela população seguem cruciais para combater a pandemia do coronavírus: uso de máscara, higienização das mãos (com água e sabão ou álcool em gel) e a vacinação contra a COVID-19.

Antes de Porto Velho, Gustavo Lima também tem show agendado  na quinta-feira (02) em Cacoal.

Fonte - News Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.