Resultado do Concacau celebra qualidade da produção rondoniense

Sebrae apoiou produtores no primeiro concurso de qualidade de cacau do estado
Segunda-Feira, 29 de Novembro de 2021 - 11:25

O Concacau, que aconteceu na última semana (24 e 25) em Jaru, revelou algo que já se desconfiava: Rondônia retorna de vez a uma posição de destaque na produção de cacau no país. Os produtores que participaram do certame foram apoiados pelo Sebrae e os primeiros colocados participam do projeto Cacau Sustentável de Rondônia, realizado pelo Sebrae e parceiros.

O 1º Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Cacau de Rondônia é uma iniciativa do Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura (Seagri) e contou com diversos parceiros co-realizadores. A iniciativa visa identificar, premiar, promover e incentivar a melhoria da qualidade e da sustentabilidade na produção de cacau no Estado de Rondônia, visando agregar valores a produção, possibilitar maiores ganhos para o produtor, acessar melhores mercados, e como instrumento de promoção do desenvolvimento territorial.

O cacauicultor André Luiz Vicente, de Nova União (RO), conquistou o 1º lugar no Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Cacau de Rondônia (ConCacau) 2021. André é atendido pelo projeto do Sebrae Cacau Sustentável de Rondônia. Ao todo, 38 produtores de cacau de todas as regiões de Rondônia participaram do evento, que dividiu cerca de R$ 30 mil em premiações. “Agradeço cada um que esteve somando, e todos que também se inscreveram e concorreram neste prêmio. Mostramos para todo o Estado que somos grandes, e podemos chegar além de nossas expectativas”, disse André.

As amostras de André Luiz Vicente alcançaram 7,65 de pontuação e foram observadas notas de frutas cítricas e um amendoado floral. O prêmio foi R$ 10.000,00 em dinheiro. Onofre Vital, de Jaru e também integrante do Projeto Cacau Sustentável, foi o segundo colocado, com 7,61 pontos. Segundo os jurados, o sabor era floral, com baixo amargor e adstringência, com notas de especiarias picantes. De premiação, o produtor garantiu R$ 7.500,00 em crédito para aquisição de produtos em empresas de agropecuária.

Gelson Castro, de Cacaulândia (RO), ficou em terceiro lugar com 6,99 pontos. Os jurados avaliaram notas de frutas cítricas e banana, floral suave. Com a colocação, o produtor conquistou um pulverizador, no valor de R$ 3.000,00. Maria Aparecida, de Cabixi (RO), ficou em quarto lugar com 6,86 pontos. Ela garantiu 400 mudas de Cacau Clonal, no valor de R$ 2.600,00.

Projeto Cacau Sustentável de Rondônia

A inciativa prevê ações de Inovação e Tecnologia, Inteligência de Mercado e sustentabilidade. Serão desenvolvidas ações que visem aumentar a produtividade dos produtores, a qualidade do produto, focando em melhores resultados financeiros e num melhor posicionamento da produção de cacau de Rondônia em nível nacional.

Contando como uma ação do projeto, o Sebrae contribuiu com a realização do evento trazendo um palestrante. O presidente da Associação Cultural e Fomento Agrícola de Tomé-Açu, do Pará, Silvio Kazuhiro Shibata, que abordou sobre a “Indicação Geográfica do Cacau de Tomé-Açu”, que é a primeira do Estado do Pará, sendo a quinta na região Amazônica, e a 62ª do Brasil. Está o radar do Sebrae e parceiros a instituição da IG do cacau de Rondônia.

O projeto Cacau Sustentável de Rondônia tem grandes parceiros: Seagri, Senar, Emater, Mapa, Idaron, Câmara Setorial do Cacau, Ceplac, Sescoop, IFRO e Embrapa, todos unidos em prol da cacauicultura.

Fonte - 010 - Assessoria

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.