Com aplicação de boas práticas, Sistema Socioeducativo de Rondônia busca transformar a vida de adolescentes

Em Rondônia, há nove unidades socioeducativas, sendo cinco localizadas no interior e quatro na Capital, com cerca de 150 adolescentes, no total.
Sexta-Feira, 19 de Novembro de 2021 - 16:55

Granjas, horticultura e uma série de cursos profissionalizantes são apostas do Governo de Rondônia para alavancar a ressocialização de adolescentes do Sistema Socioeducativo do Estado. Na manhã desta sexta-feira (19), ocorreu o I Encontro dos Diretores do Sistema Socioeducativo do Estado de Rondônia para o compartilhamento dessas boas práticas, na Escola de Governo, no Palácio Rio Madeira, em Porto Velho.

Em Rondônia, há nove unidades socioeducativas, sendo cinco localizadas no interior e quatro na Capital, com cerca de 150 adolescentes, no total. Àqueles que já representaram uma ameaça para à sociedade devido envolvimento com crimes, são envolvidos em diversas atividades com um objetivo importante e audacioso: transformar vidas.

‘‘Estamos trabalhando para consertar vidas, e eu acredito que podemos ser modelo de boas práticas para o mundo. Esses adolescentes podem ser transformados e temos servidores capazes para tornar o que é feito em Rondônia referência para outros sistemas’’, disse o governador Marcos Rocha, na abertura do encontro.

Para o presidente da Fundação Estadual de Atendimento Socioeducativo (Fease), Antônio Francisco Gomes Silva, o encontro vai permitir mais avanços e o fortalecimento do Sistema Socioeducativo. Na ocasião, a Fease fez também a entrega de equipamentos para aparelhar as unidades, sendo 50 rádios comunicadores, 50 portas tonfas, 50 kits de joelheras e cotoveleiras e botas de combate a incêndio.

‘‘O Governo tem investido na ressocialização. Nós temos hoje, cooperação técnica com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) que oferta aos jovens a educação na sua totalidade; com o Instituto Estadual de Desenvolvimento da Educação Profissional (Idep), e Associação Cultural e de Desenvolvimento do Apenado e Egresso (Acuda) que ofertam cursos profissionalizantes; e estamos em tratativa com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) para atendimento aos egressos’’.

Durante o encontro, cada um dos diretores tiveram a oportunidade de mostrar quais as boas práticas que estão desenvolvendo nas suas unidades, por exemplo: uma unidade socioeducativa da Capital tem trabalhado com horticultura, um projeto desenvolvido com apoio da Vara de Execuções Penas e Medidas Alternativas (Vepema) do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ/RO) e com a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).

Em Ji-Paraná, os adolescentes cuidam de uma granja, e ao receber a visita de familiares entregam a eles cartela de ovos.

Já em Ariquemes, os jovens fazem crochê, e com a comercialização dos produtos, parte do recurso é usado para manutenção de insumos e outra parte para a família. ‘‘As atividades visam trazer aos adolescentes capacidade de produção. Nós temos adolescentes, inclusive que ajudam nas atividades laborais para manutenção das unidades, e desta maneira, eles mostram o potencial para o bem. De tal forma, que a família ao visitá-lo, voltam em paz, sabendo que eles estão sendo reeducados’’, disse o presidente da Fease.

Os diretores foram motivados a replicar boas práticas em cada unidade. ”Para nós, enquanto gestores de unidades socioeducativas, é muito relevante esse momento, pois eu sou de Ji-Paraná e vou saber a boa prática lá de Vilhena, aqui de Porto Velho; assim como nos demais municípios que participam desse encontro. É muito bom ter essa troca de experiências e saberes. Eu tenho vivenciado muitos adolescentes dando uma ressignificação para suas vidas’’, disse a diretora do Centro de Atendimento Socioeducativo de Ji-Paraná, Katiliane Dantas Ferreira.

A coordenadora de Apoio ao Adolescente, Beatriz de Souza Moraes, reforçou que o momento é singular para o sistema socioeducativo, pois permite ter um panorama do que está sendo desenvolvido em todo o Estado. ‘‘O evento veio trazer as informações do que está acontecendo no sistema educativo, pois estão acontecendo muitas boas práticas visando profissionalizar os adolescentes’’.

Fonte
Texto: Vanessa Moura
Fotos: Daiane Mendonça

Fonte - 010 - SECOM - GOV/RO

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.