Pai Francisco fala sobre a importância do dia da Consciência Negra e ação que fará sobre a causa

Semão afirmou que há muitas leis a favor dos negros, que o ajudam em caso de sofrer alguma preconceito ou racismo, porém, essas leis estão somente no papel, pois, na prática elas não são exercidas.
Sexta-Feira, 19 de Novembro de 2021 - 14:49

Na manhã desta sexta-feira (19) Francisco Semão, ou como é conhecido popularmente, Pai Francisco, visitou à sede do Jornal Eletrônico News Rondônia, para falar sobre a importância do dia da Consciência Negra, que é comemorado no dia 20 de novembro, e os preconceitos que os negros sofrem diariamente.

De acordo com Pai Francisco, o dia da consciência negra é de suma importância para os negros, em vista, de conscientizar todo o país e o mundo que os negros são pessoas que tem o mesmo direito que qualquer pessoa. O mesmo ainda afirmou que as religiões também devem ser respeitadas.

Semão afirmou que há muitas leis a favor dos negros, que o ajudam em caso de sofrer alguma preconceito ou racismo, porém, essas leis estão somente no papel, pois, na prática elas não são exercidas ou consolidadas, como deveria ser, e que por isso há muitos casos de racismo diariamente no país e no mundo.

Na entrevista, Pai Francisco afirmou que todo ano realiza uma ação sobre o dia da consciência negra, sobre as religiões que muitos negros tem, sobre a importância de passar conhecimentos sobre a história dos negros nas escolas, e sobre a discriminação que ocorre com os negros e as religiões que os mesmos acreditam.

Francisco afirmou que muitos negros tem uma ligação muito forte com a natureza e que o Brasil é o país com maior negritude no mundo. O mesmo ainda disse que a ação este ano irá iniciar a partir das 20h e será na Rua cachoeira de Itapemirim, no bairro Marcos freire em Porto Velho.

Pai Francisco disse ainda negro é luta, é raça e que todos querem leis que saiam do papel, que seja consolidada, que os infratores ou que cometerem crime de racismo ou preconceito sejam penalizados por seus atos, e que não saiam impune por causa de leis que não são exercidas de forma correta.

Para concluir a entrevista, Francisco agradeceu ao presidente da ASCOM (Associação de Comércio da Zona Leste) pelo convite feito, agradeceu a todos que apoiam as ações da consciência negra e principalmente ao jornal Eletrônico News Rondônia por abrir as portas para pessoas que lutam por causa nobres como a que foi dita nessa matéria.

Fonte - 20 - News Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.