MC POZE é cancelado no Acre por ordem do governo; 'preservação da ordem pública', diz portaria

Em entrevista o próprio funkeiro admitiu ter integrado a facção criminosa onde inclusive domina praticamente o estado do Acre.
Segunda-Feira, 15 de Novembro de 2021 - 13:15

Já está virando rotina os cancelamentos ou términos emblemáticos dos shows do polêmico MC Poze do Rodo. Desta vez, um show do cantor previsto para acontecer nesta segunda-feira (15) em Rio Branco (AC) foi cancelado. Mesmo assim, um vídeo do funkeiro desembarcando no Aeroporto Internacional de Rio Banco, Plácido de Castro foi publicado na manhã de hoje nas redes sociais. “Jogador, Jogador lá...”, dizia um homem na gravação.

O governo acriano por meio da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejsp) emitiu uma portaria de uma última hora cancelando o show de MC POZE. A instituição declara que a suspensão “é atribuída a preservação da ordem pública e do bem estar das pessoas e do patrimônio, salvaguardando garantias fundamentais dos cidadãos”.

Investigação dos órgãos de inteligência do Acre considerou o cancelamento do evento as reportagens vinculadas pela imprensa dando conta dos transtornos causados pelos shows do funkeiro nos estados em que participou como conflitos e até mortes, a exemplo do Amazonas, Bahia, Espirito Santo e Santa Catariana. Neste último estado, o evento ocorrido na sexta-feira (12) em Joinville terminou em briga generalizada e um homem esfaqueado.

Em Manaus, o governo amazonense também cancelou o show de Poze. A polícia do estado aponta aproximação do cantor de forró Romarinho de Jesus, 27 anos, conhecido como o “Bruxo do Forró” com MC Poze a principal causa que resultou no assassinato dele no bairro Redenção zona centro-oeste da capital manaura em setembro.

Romarinho dias antes chegou a postar um vídeo em que agradecia as felicitações do funkeiro Poze pelo seu aniversário. A morte é atribuída a integrantes da organização criminosa Cartel do Norte (CDN).

MC Poze é apontado pela polícia do Rio de Janeiro como abertamente ligado a organização criminosa Comando Vermelho (CV). Em entrevista o próprio funkeiro admitiu ter integrado a facção criminosa onde inclusive domina praticamente o estado do Acre.

Fonte - News Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.