Governo estadual orienta rondonienses para que não deixem de usar máscara; aumento da Covid em Rondônia implica na decisão

Sem mencionar nome, o diretor da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima, disse que o Estado não estaria invalidando as decisões municipais, já que muitos optaram pelo não uso da máscara
Quarta-Feira, 10 de Novembro de 2021 - 07:45

Cinco dias após o prefeito Hildon Chaves (PSDB) descartar o uso de máscara pelos moradores em locais públicos no município de Porto Velho (RO), o governo estadual comunicou em nota a obrigatoriedade do uso do utensilio aos rondonienses.

A medida, segundo o governo por meio da Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa) acontece em virtude do aumento de casos do novo coronavírus, detectados pelo Comitê Estadual de Enfrentamento à Covid-19 em Rondônia.

Os estudos afirmam que as ações preventivas devem ser mantidas pelos moradores, afirmando que “prevenção se baseia no crescente número de casos confirmados do vírus, entre rondonienses”, diz a nota.

No Decreto Nº 26.461, de 15 de outubro de 2021, o governo concedeu a possibilidade para que os chefes municipais flexibilizassem a utilização de máscara, tendo em vista a redução dos casos em cada região.

Sem mencionar nome, o diretor da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima, disse que o Estado não estaria invalidando as decisões municipais, já que muitos optaram pelo não uso da máscara, principalmente depois da segunda dose da vacina contra a Covid-19. “Não estamos invalidando as decisões municipais, e sim, orientando a população para que mantenha os cuidados, para evitar que a quantidade de casos confirmados aumente e nos obrigue a regredir com as fases de isolamento social”, declarou.

Fonte - News Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.