Rocha defende em Glasgow que o 'silêncio não pode ser opção' nas discussões da COP-26

A COP-26 vai terminar com suas oitivas na próxima sexta-feira (12), em Glasgow, na Escócia.
Terça-Feira, 09 de Novembro de 2021 - 19:23

Presente na COP-26, maior evento e mais importante conferência sobre o clima do planeta, o governador Marcos Rocha (PSL) defendeu que as negociações por parte do poder público e a população em torno dos debates sobre o Meio Ambiente não podem ter o “silêncio” como opção. A crítica foi feita em sua rede social, nesta segunda-feira (08).

Rocha enfatizou que a presença do Governo de Rondônia na COP-26 atende a um convite do Ministério do Meio Ambiente. “Estamos na COP26 para trabalharmos junto com o Governo Federal a fim de consolidarmos uma política que beneficie o Brasil e a Amazônia, cuidando da floresta, mas pensando em nossa gente. Para que haja geração de renda e bem-estar a nossa população, aliados à conservação da floresta”, escreveu.

O executivo comentou ainda que a “Bioeconomia é um mercado muito novo, mas que nesta década tem o potencial de transformar pra sempre trocas comerciais”. “Estamos garantindo que Rondônia e o Brasil participem nesse espaço com uma política ativa e altiva, onde os interesses da população sejam decididos pela população local (nós) e em conformidade com aquilo que o mundo, em comum acordo, cumprirá, e não o contrário. Em negociações desse porte, o silêncio não pode ser opção”, concluiu.

Até o momento, existem mais de 30 mil pessoas inscritas para participar, representando governos, empresas, ONGs e grupos da sociedade civil. Vários chefes de Estado e de governo, incluindo o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, e o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, compareceram no evento. 

Fonte - News Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.