Polícia investiga se sequestro do ex-prefeito de Porto Walter tinha como alvo o governador Acre Gladson Cameli

A informação é que os criminosos teriam roubado cerca de R$ 8 mil.
Segunda-Feira, 01 de Novembro de 2021 - 15:50

A Polícia do Acre vem tentando desmontar um quebra cabeça que teve início desde o sequestro do ex-prefeito de Porto Walter, Zezinho Barbary e de um empresário da cidade.

No último, dia 25 de outubro, após participar de uma inauguração, o governador do Acre Gladson Cameli (Progressistas) dormiu por duas noites seguidas na casa do ex-mandatário de Porto Walter, localizada no Bairro do Maloca.

Os policiais militares que fazem a segurança do chefe do executivo também pernoitaram na residência.  Ao amanhecer, Cameli seguiu destino para a Vila Restauração, no município de Marechal Thaumaturgo, isso dois dias antes do assalto seguido de sequestro, na residência do ex-gestor municipal.

Após receber a informação de que membros do grupo criminoso teriam dito que queriam pegar uma autoridade do Estado, a Polícia Civil acreana tomou a frente das investigações.

Na noite, do dia 27 de outubro, entre 6 a 8 homens armados entraram na casa de Barbary, onde ficaram durante toda a noite.  A informação é que os criminosos teriam roubado cerca de R$ 8 mil.

No dia seguinte, o grupo foi à casa do empresário Cleber Pedroza e levou mais de R$ 15 mil. O ex-prefeito e o empresário foram levados pelos bandidos até as margens do Rio Juruá Mirim, onde foram liberados”.

Fonte - News Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.