Rondônia registrou 152 mortes violentas entre jovens, adolescentes e crianças em quatro anos; 41 só em 2020

Dados de 2016 e 2020, as vítimas tinham entre 10 e 19 anos.
Segunda-Feira, 01 de Novembro de 2021 - 10:08

Um estudo do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e o Unicef classifica o estado de Rondônia na 23ª posição, com 11,82%. É a maior taxa de assassinatos entre crianças e adolescentes registrada em território rondoniense.

Em 2020, no total dos 27 Estados, 5.282 crianças e adolescentes de 15 a 19 anos foram mortas de forma violenta no Brasil. Em Rondônia, no ano passado, foram 41 vítimas. Dados de 2016 e 2020, as vítimas tinham entre 10 e 19 anos. Reporta-se um aumento significado para o estado de Alagoas.

Ainda em Rondônia, a proporção de mortes de crianças e adolescentes por interferência policial coloca o estado em último com 2.70%, sendo o registro de apenas 1 caso em 2020. Mas 31 delas, as consequências foram por Mortes violentas intencionais (MVI).

Por fim, nos últimos quatro anos, no período de 2016 e 2020, houve o registro de 152 mortes de crianças e adolescentes em Rondônia. O Estado não apresentou dados do ano de 2017, rebate o estudo.

O Ceará contou com a maior taxa de mortes violentas em 2020, com mais de 46 mortes por 100 mil habitantes de 10 a 19 anos, seguido do Acre (38,41), Pernambuco (36,16), Roraima (36,13), Sergipe (35,78) e Rio Grande do Norte (34,65).

Em relação a Rondônia, a pesquisa informa que o estado “possui uma série histórica incompleta e, em 2019, o número de vítimas foge do padrão, indicando que, possivelmente, trata-se de um ano cujo dado informado está incompleto”.

Fonte - News Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.