DIA DO SERVIDOR - Agente de limpeza criou a família e acumulou conquistas como estatutária em Porto Velho

Rosicleia iniciou o ofício no município em 1993
Quinta-Feira, 28 de Outubro de 2021 - 11:01

Foi com o auxílio de um rastelo que a servidora Rosicleia Santos, de 48 anos, criou seus quatro filhos. Agente de limpeza da Prefeitura de Porto Velho há 29 anos, ela executa um serviço essencial para o dia a dia da cidade.

Rosicleia iniciou o ofício no município em 1993, ainda no regime celetista. Seis anos depois, ela prestou concurso para agente de limpeza onde se efetivou como estatutária. Foi com a carreira pública que a mãe e avó realizou várias conquistas.

“Como servidora pública eu realizei vários sonhos. Meus filhos e netos sentem muito orgulho de mim e me chamam de heroína, pois foi com esse emprego que eu os criei. Hoje tenho uma filha formada em fisioterapia e o restante dos filhos encaminhados na vida”, relata.

Com uma missão a cumprir, a servidora deixa a sua casa todos os dias, no bairro São Francisco, com destino à sede da Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb). Lá, ela e os colegas são orientados sobre o serviço do dia. No esquema de mutirão, as equipes executam a limpeza de escolas, unidades de saúde e vias públicas.

No entanto, com a chegada do Dia de Finados, o local de trabalho tem sido o Cemitério Santo Antônio, onde os servidores realizam a limpeza do local para receber os visitantes no dia 2 de novembro.

É nesse local que a servidora acumula o momento mais marcante da profissão. Como serviço essencial, ela e os colegas presenciaram, de perto, o aumento no número de enterros devido a pandemia da covid-19.

“A pandemia me marcou bastante. Como um serviço essencial, segui tomando todos os cuidados por mim e pela minha família que aguardava o meu retorno para casa”, lembra.

VALORIZAÇÃO

Executando o serviço há quase três décadas, a servidora relata as conquistas dos agentes de limpeza na atual gestão, entre elas a revisão da carga horária da categoria.

Para quem precisa enfrentar diariamente o calor e o estigma social, o reconhecimento faz toda a diferença para a autoestima e qualidade de vida de quem se dedica a deixar a cidade mais limpa e bonita.

“Eu tenho muito orgulho de ser servidora pública em Porto Velho e de ser uma agente de limpeza nos dias atuais. A discriminação, que ainda recebemos por parte de alguns moradores, desaparece diante do reconhecimento da outra parte da sociedade que, junto a atual gestão, valoriza nosso trabalho e nossa dignidade”, finaliza.

 

Texto: Pedro Bentes

Foto: Wesley Pontes

 

Fonte - 025-Prefeitura de porto velho

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.