Ursa que viveu 20 anos em zoo ganha lar em santuário ecológico

O espaço tem ambientação mais próxima à realidade do habitat natural da espécie, como, por exemplo, uma variação de temperatura entre 9ºC e 16ºC.
Sexta-Feira, 22 de Outubro de 2021 - 11:17

Uma ursa de 22 anos, que vivia no zoológico Parque Dois Irmãos, em Recife, Pernambuco, acaba de ser transferida para um santuário ecológico em Cotia, no interior de São Paulo.

Apesar de uma vida de “estrela”, Úrsula estava fora do habitat natural dela. Segundo a coordenadora da divisão de Veterinária e Biologia do local, Fernanda Justino, é preciso reconhecer a importância dessa mudança.

A médica conta que animais que não fazem parte da fauna nordestina, podem desencadear problemas de saúde e chegar ao óbito. No caso de Úrsula, ela chegou ao zoológico em 2003, quando foi resgatada de um cativeiro, em Goiás.

“Muito saudável, Úrsula é curiosa, alerta e ativa. Sempre interage bem com praticamente todo tipo de enriquecimento ambiental. Tem temperamento calmo, porém forte”, declarou a coordenadora.

Úrsula, como foi batizada, viveu 20 anos no zoológico. O transporte dela foi realizado por estrada pela Polícia Rodoviária Federal, seguindo todos os protocolos de segurança.

A iniciativa faz parte da implantação do novo Plano Diretor do Zoológico do Recife, anunciado em abril deste ano. A ideia é gerar mais apoio à preservação das faunas nativas da Caatinga, da Mata Atlântica e das zonas de transição da Mata Atlântica.

Cuidados com a saúde

Mesmo estando fora do ambiente natural, Úrsula sempre foi muito bem cuidada. Ela era a xodó da equipe do zoológico e recebia toda a alimentação necessária para manter a boa saúde.

“Ela é bem seletiva e muda um pouco as preferências de tempos em tempos. Hoje, a preferência dela é maçã, melancia e peixe. E claro, o que não muda com o tempo: o mel. Ela ama mel”, disse Fernanda.

O médico veterinário do zoológico Denisson Souza era estagiário quando Úrsula chegou ao horto e afirmou que vai sentir muita saudade. “Estamos juntos desde o primeiro dia. É um apego, como um parente mesmo. mas o que conforta é que a gente sempre está buscando o bem-estar”, diz Denisson.

Novo lar

A partir de agora, Úrsula viverá Santuário Ecológico Rancho dos Gnomos, onde vai receber todos os cuidados que precisa.

O espaço tem ambientação mais próxima à realidade do habitat natural da espécie, como, por exemplo, uma variação de temperatura entre 9ºC e 16ºC.

“Ao longo desses anos, lutamos e cuidamos de cada vida, de cada morador do zoo. Somos uma família, e Úrsula é muito especial para todos nós. Envolvemos de cuidado a escolha da sua nova casa e, mesmo depois da transferência, vamos seguir acompanhando sua vida”, concluiu Fernanda.

Fonte - 025-sonoticiaboa

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.