Jovem achado morto é apontado como executor da chacina no Paraguai

O corpo de Derlis foi encontrado com um bilhete no bolso com a mensagem “matei 3 meninas inocentes, que fique de exemplo PJC”.
Terça-Feira, 19 de Outubro de 2021 - 16:10

A Polícia Nacional do Paraguai tem fortes elementos de que o jovem de 23 anos, encontrado com sinais de execução na madrugada deste domingo (17) em uma estrada vicinal de Pedro Juan Caballero, seja o possível executor que vitimou a estudante de medicina mato-grossense Rhannye Jamilly durante o quadruplo homicídio no país.  A jovem, que nasceu em Curvelândia ( a 331 km da Capital), recebeu 10 tiros de fuzil.

Segundo informações do site Amambay Ahora, do Paraguai, o jovem foi identificado pela polícia paraguaia como Derlis David Sánchez.

Para o jornal, o chefe do Departamento de Investigações de Amambay, comissário Hugo Díaz, disse que há diversos elementos para entender que Derlis participou como executor do quádruplo homicídio.

“Temos bastantes elementos, circuitos fechados, estudos técnicos que aguardamos, mas principalmente através dos vídeos procuramos melhorar as imagens e conseguiu-se a individualização do Derlis”, disse.

Contudo, o comissário diz que existem várias hipóteses para o crime e que não se pode estabelecer apenas uma única, já que os seis homens presos supostamente envolvidos no quadruplo homicídio não se  pronunciaram ainda.

O corpo de Derlis foi encontrado com um bilhete no bolso com a mensagem “matei 3 meninas inocentes, que fique de exemplo PJC”, que faz referência as três jovens mortas durante o quádruplo homicídio, e que levou a polícia a fazer a ligação dos casos.

Além de Rhannye, também foi assassinada a brasileira Kaline Reinoso de Oliveira, de 22 anos, e a filha do governador do estado de Amambay, no Paraguai, identificada como Haylee Carolina Acevedo Yuni. Elas foram atingidas com 14 e 6 tiros de fuzil, respectivamente.

O alvo dos atiradores era Osmar Vicente Álvarez Grance, 32, conhecido como “Bebeto”, que foi acertado com 31 de tiros de fuzil.

Informações iniciais apontam que Osmar e Haylee eram namorados. Kaline e Rhannye estavam acompanhando o casal em um veículo quando foram abordados pelos atiradores em uma caminhonete branca, após saírem de casa noturna, na madrugada de 9 de outubro deste ano.

 

Fonte - rdnews

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.