Governo de Rondônia e fapero entregam premiação inédita a pesquisadores da Fiocruz e Embrapa

A iniciativa do Prêmio nasce na gestão do Governador Coronel Marcos Rocha que é um entusiasta para o desenvolvimento da Fundação de Amparo à Pesquisa de Rondônia e não tem medido esforços para contribuir melhor e eficazmente para qual a FAPERO foi criada há 9 anos.
Quinta-Feira, 14 de Outubro de 2021 - 16:17

O Governo de Rondônia, por meio da Fundação Rondônia de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnológicas, entregou na manhã desta quarta-feira, 13 de outubro, o Prêmio FAPERO de Ciência, Tecnologia e Inovação na sede da Fundação em Porto Velho.

Ao todo foram distribuídos um total de 22,5 mil reais, oriundos de recursos do Governo de Rondônia/FAPERO, divididos em três (3) modalidades para seis (6) contemplados nos seguintes eixos: 1. PESQUISADOR DESTAQUE, 2. PESQUISADOR INOVADOR E 3. PROFISSIONAL DE COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA.

A iniciativa do Prêmio nasce na gestão do Governador Coronel Marcos Rocha que é um entusiasta para o desenvolvimento da Fundação de Amparo à Pesquisa de Rondônia e não tem medido esforços para contribuir melhor e eficazmente para qual a FAPERO foi criada há 9 anos. A premiação, criada com o objetivo de reconhecer o trabalho de pesquisadores e despertar para a importância do investimento em pesquisa, ciência, tecnologia e inovação, visa alavancar o desenvolvimento de Rondônia buscando integrar governo, comunidade científica e sociedade que é a beneficiada diretamente.

O presidente Paulo Haddad salientou durante a entrega do Prêmio a importância de incentivar e estimular os pesquisadores de Rondônia que são extremamente importantes e necessários para que o estado possa desenvolver ainda mais a Ciência e a Tecnologia por meio das pesquisas que vem sendo brilhantemente realizadas.

Os pesquisadores premiados fazem parte do quadro tanto da FIOCRUZ quanto da EMBRAPA e cada um deles deixou registrado em suas falas a importância de terem recebido a premiação que os incentiva a continuar no trabalho sério e comprometido para a pesquisa científica do Estado de Rondônia.

Os contemplados em cada modalidade:

1. Pesquisador Inovador: Alexsandro Lara Teixeira pela Embrapa e Leonardo de Azevedo Calderón pela Fiocruz.

2. Profissional da Comunicação: Renata Kelly da Silva atua na Embrapa e José Gadelha da Silva Junior atua na Fiocruz.

3. Pesquisador Destaque: Juliana Pavan e Najla Benevides Matos Zuliani atuam na Fiocruz.

O trabalho da FAPERO reflete o quanto a ciência, a tecnologia e a inovação são prioridade para o Governo de Rondônia. É com investimento em ciência que fortalecemos a economia, salvamos vidas - como se vê no decorrer da pandemia -, e desenvolvemos como um todo a sociedade. Os principais objetivos do prêmio são o reconhecimento e a valorização dos pesquisadores e profissionais da comunicação e divulgação científica que atuam em Rondônia. A disseminação do conhecimento científico, e, consequentemente, o estímulo à inovação no nosso estado; é um estímulo ao desenvolvimento social em todas as esferas e a sociedade é a maior beneficiada.

Fonte - FAPERO

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.