Empresário perde R$ 83 mil tentando comprar picape oferecida em anúncio 'fake'; comerciante registrou ameaças de morte na polícia

Caso aconteceu duas semanas atrás e site já havia alertado sobre o mesmo tipo de golpe
Sexta-Feira, 01 de Outubro de 2021 - 08:59

O sote acaba de confirmar que um empresário de Vilhena perdeu R$ 83 mil ao cair em um golpe tentando comprar uma picape VW Amarok anunciada num grupo de vendas no Facebook. A transação que resultou no prejuízo foi concluída cerca de duas semanas atrás e terminou com ameaças de morte registradas na polícia.

Segundo o dono do veículo, após anunciá-lo por R$ 185 mil no grupo de vendas OLX no Facebook, ele recebeu a ligação de um homem que se identificou como “Márcio”, e que estaria disposto a pagar o preço anunciado.

Ocorre que o suposto comprador era, na verdade, um golpista, que havia copiado as fotos do anúncio e passado a oferecer a mesma picape, só que por R$ 140 mil. O valor atrativo acabou chamando a atenção de um empresário de 23 anos, que entrou em contato com o golpista, cujo número de telefone havia sido deixado na publicação “fake”.

Esse tipo de golpe já foi noticiado pelo site, às vezes envolve imóveis, e funciona assim: o estelionatário fica negociando com o vendedor e o comprador ao mesmo tempo. E com um detalhe: o bandido inventa uma desculpa para que nenhum dos dois mencione que o negócio está sendo intermediado por ele (ENTENDA AQUI).

E foi exatamente isso que aconteceu: ele, o golpista, ligou para o dono da caminhonete, disse que estava em Cacoal e avisou que mandaria uma pessoa de Vilhena ir conferir o estado dela.

Após isso, houve o primeiro encontro entre as duas vítimas: o comprador foi testar o veículo e chegou a leva-lo numa loja de pneus. Depois, o mostrou para a mãe, que teria gostado da proposta.

Na sequência, o golpista disse que o dono da picape deveria fazer um contrato de compra e venda, alegando que já estava na fila do banco para fazer o depósito. O documento foi providenciado, mas o dinheiro não caiu na conta do vendedor.

CAIU A FICHA

Se o dinheiro não caiu, a ficha sim, e para os dois envolvidos no negócio: após fazer o depósito, que seria parte do pagamento (o restante seria quitado com a entrega de uma outra picape, modelo Fiat Strada), o comprador foi bloqueado no WhatsApp, onde aconteciam as negociações.

Instantes depois, o vendedor também foi bloqueado, quando começou a cobrar o dinheiro, que não havia sido depositado.

AMEAÇAS

Imaginado que o vendedor pudesse ter alguma participação no golpe (coisa que ele nega), um tio do comprador foi até a empresa dele e ameaçou matá-lo, caso o dinheiro não fosse devolvido.

Munido das conversas no WhatsApp e de documentos, o dono da Amarok, que tem 42 anos, registrou outras duas ameaças de morte e voltou a dizer ao site que ele também foi vítima do golpista, mas ao menos não perdeu o carro.

GESTAÇÃO EM RISCO

Por causa das ameaças que o marido recebe, a esposa do empresário, que está grávida de 8 meses, passou mal e, segundo a médica que a atende, a intensa pressão a que ela vem sendo submetida é um risco para a vida do bebê, que é uma menina.

Fonte - 010 - folhadosulonline

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.