Governo de Rondônia pede ao Governo Federal para acelerar os mais de 16 mil processos de transposição

'Eu mesmo estou apto a ser transposto, mas quero ver todos os que têm o direito usufruindo primeiro', destacou.
Quarta-Feira, 22 de Setembro de 2021 - 08:50

O pedido para acelerar os trabalhos de transposição dos rondonienses para o quadro federal foi feito pelo governador Marcos Rocha ao secretário-executivo da Presidência, general Mario Fernandes, na última terça-feira (21) quando esteve em Brasília/DF.

O Governo Federal possui uma lista com mais de 16 mil servidores alcançados pela legislação que os transpõem aos quadros da União.

Porém, com os desafios de pessoal e financeiros, especialmente durante a pandemia da covid-19, o número de trabalhadores que tem sido enquadrados como federais não tem ampliado.

Durante a reunião, Marcos Rocha afirmou ao general que com o retorno do crescimento econômico aguardado nesta fase em que a pandemia está perto de ser controlada, é preciso traçar uma meta de enquadramento maior dos servidores que nos anos anteriores. “Eu mesmo estou apto a ser transposto, mas quero ver todos os que têm o direito usufruindo primeiro”, destacou.

Para o governador de Rondônia, além de uma meta arrojada para este primeiro mandato, o Governo Federal poderia propor um objetivo de concluir todos os processos em um novo mandato do presidente Jair Bolsonaro. “Ele se mostrou sensível a esta questão e informou que é injusto o tempo que está demorando”, relembrou Rocha.

Mario Fernandes disse que o secretário-geral da Presidência da República, Luiz Eduardo Ramos encontra-se acompanhando o presidente durante a 76ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). “Me disponho a encaminhar o assunto no primeiro momento em que o general Ramos chegar ao Palácio do Planalto e manterei o pedido do caso para buscar a resolução mais rápida”.

AGRONEGÓCIO

Na ocasião, o secretário-chefe da Casa Civil, José Gonçalves da Silva Junior, encaminhou pedido para a Presidência referente a melhorias na RO-370. Junior pontuou a importância da rodovia para o agronegócio de Rondônia. “Esta RO é também conhecida como Rodovia do Boi. É fundamental no escoamento da produção de Rondônia, pois o agronegócio no Estado é o que sustenta e impulsiona o desenvolvimento econômico rondoniense”, disse.

Fernandes afirmou que vai incluir o pleito ao general Ramos para que, conjuntamente com o Ministério da Infraestrutura, possa apoiar Rondônia na manutenção ou asfaltamento da RO-370, de acordo com o orçamento da pasta. O secretário disse ainda que vai encaminhar uma resposta ainda na próxima semana e esclareceu que, uma boa opção seria que a bancada federal destinasse emenda para facilitar o projeto.

A RO-370 possui um intenso tráfego de caminhões para o escoamento da produção de grãos, de gado de corte e leiteiro. Hoje, o Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER) é responsável por mais de 4.500 quilômetros de rodovias primárias (não pavimentadas) e mais de 1.500 quilômetros de rodovias pavimentadas em todo Estado de Rondônia.

Também participou da reunião, o superintendente de Integração do Estado de Rondônia em Brasília, Augusto Leonel.

Fonte - 010 - SECOM - GOV/RO

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.