Câmara vai debater na segunda-feira, doença que colocou Rondônia em quarentena

A audiência será aberta e contará com a participação de estudiosos, representantes da agricultura e meio ambiente de diversos estados, além de produtores e cientistas.
Segunda-Feira, 13 de Setembro de 2021 - 16:53

A Câmara dos deputados vai debater na próxima segunda-feira (13) os casos de monilíase no Brasil. O debate acontece após serem encontrados registros da doença no Acre (AC), Amazonas (AM) e Rondônia (RO). No mês de agosto, o Ministério do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) decretou nesses estados “Emergência Fitossanitária”. A deputada federal da Bahia, Lidice da Mata foi a responsável pelo pedido de audiência.

A audiência será aberta e contará com a participação de estudiosos, representantes da agricultura e meio ambiente de diversos estados, além de produtores e cientistas. A oitiva será transmitida pelo site oficial da Casa de Leis, a partir das 13hs (horário local). Endereço de acesso à audiência: https://www.camara.leg.br/evento-legislativo/63003

A DOENÇA

A monilíase é uma doença devastadora que afeta, principalmente, plantas do gênero Theobroma, como o cacau (Theobroma cacao L.) e o cupuaçu (Theobroma grandiflorum), causando perdas na produção e uma elevação nos custos devido à necessidade de medidas adicionais de manejo e aplicação de fungicidas para o controle da praga. Apesar do alarde, não há riscos de danos à saúde humana, pois taca, principalmente, o cacau e o cupuaçu. Em determinadas condições, sua ação pode causar perdas de até 100% da produção.

O Brasil é considerado zona livre da doença e agora luta para dizimar plantas e plantações contaminadas, na busca por conservar o status de país sem ocorrência da praga ou, ao menos, minimizar os impactos da chegada do fungo.

 

Fonte - News Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.