Tumulto em ponto de imunização de Guajará-Mirim força pedido de desculpas da prefeita

Questionada por um internauta, a prefeita esclareceu que não houve nenhuma morte de paciente com Covid-19 infectado pela variante Delta, mas confirma que existe um caso sendo monitorado.
Quarta-Feira, 08 de Setembro de 2021 - 19:40

A prefeita de Guajará-Mirim, Raissa Bento (MDB), fez um pedido público de desculpas à população pelo tumulto ocasionado, hoje (08), no único ponto destinado para vacinação, do dia, para o público urbano da cidade. Centenas de moradores reclamaram da desorganização e das longas filas que tiveram que enfrentar no Instituto Federal de Rondônia (IFRO) para poder ter acesso à vacina contra a Covid-19.

“Eu recebi fotos e vídeos da grande procura sobre a vacinação que está acontecendo no IFRO! Realmente tem bastante gente, não estávamos aguardando esse grande quantitativo e estamos tristes (...) Vocês são prova de que era tudo muito organizado, era muito rápido, mas infelizmente não estávamos esperando esse quantitativo de gente (...) o problema não  é vacina, foi de logística (...) peço desculpas pelo constrangimento”, disse.

Segundo Bento, a prefeitura teve que mudar recentemente o arranjo por conta do avanço do plano de imunização do município e a baixa procura por parte da população. No entanto, as doses passaram a ser oferecidas apenas no período da tarde, entre as 14hs às 18hs.

“Estávamos usando uma logística grande, porém, a procura era baixa (...) Pelo exemplo de hoje, a gente fica feliz por ver a grande procura, mais tristes pela situação (...) Tava quente, tava sol, a gente fica triste pela população que estava lá e não conseguiu se vacinar”, ressaltou.

Durante comunicado, a prefeitura informou que a partir desta quinta-feira (09) até sexta-feira (10), a vacinação ocorrerá a partir das 8 horas da manhã com previsão de término às 18hs, como era antigamente. “Temos vacina para a população inteira. Peço ajuda de vocês para conscientizar também as pessoas que não querem tomar as doses, que possam ser imunizadas”, comentou.

UM CASO DE VARIANTE DELTA

Questionada por um internauta, a prefeita esclareceu que não houve nenhuma morte de paciente com Covid-19 infectado pela variante Delta, mas confirma que existe um caso sendo monitorado.

“Já faz um bom tempo que não temos óbito por Covid-19 aqui em Guajará. Não procede a informação de morte de alguém pela variante Delta. O que nós sabemos é que existe um caso confirmado de Delta, é uma senhora de 46 anos, ela está bem e vem sendo monitorada”, concluiu. 

Fonte - News Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.