Dr. Paulo Henrique destaca notícia de condenação por Feminicídio

Uma resposta aos familiares da vítima, e a toda a sociedade. Justiça condena em 18 anos homem que matou ex-companheira.
Quinta-Feira, 02 de Setembro de 2021 - 18:05

O Ministério Público de Rondônia obteve nesta quarta,01/9, a condenação de Maick Delgado Leite a 18 anos de reclusão, pelo assassinato da ex-companheira Victoria Gandis Dias. No julgamento, todas as teses apresentadas pelo MP foram acatadas pelos jurados, o que levou o réu à condenação por feminicídio.

Victoria Gandis Dias foi morta com quatro tiros de arma de fogo, disparados por Maick Delgado Leite, na noite do dia 21 de dezembro de 2018. Inconformado com o término do relacionamento, o réu buscou a jovem na casa de um tio e levou-a para um motel, onde praticou o assassinato.

“O crime de feminicídio é um grave problema que assola a sociedade atual. A condenação é uma resposta não apenas aos familiares da vítima, mas a toda a população”, afirmou a Promotora de Justiça Lisandra Vanneska.

Em Cacoal foi sancionada a Lei 4.721/PMC/2021, de autoria do vereador Dr. Paulo Henrique, que visa implementar medidas para efetivação da Lei Maria da Penha e o combate à violência doméstica no município. A Lei homenageia a Professora Nadir Barbosa de Souza, vítima de feminicídio (violência doméstica em 2012), na Creche Josino Brito, local onde trabalhava.

Dentre as medidas destacam-se a obrigatoriedade de noções básicas da Lei Maria da Penha (11.340/06) nas escolas da rede pública municipal e o programa de incentivo à contratação de mulheres em situação de violência doméstica.

Fonte - Câmara de Cacoal

Coment�rios

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.