Gráfica aposta nos 'memes' para atrair a clientela que vai de carro nas manifestações

Em média, o serviço de plotagem de baixa durabilidade custa cerca de R$ 80 reais.
Terça-Feira, 31 de Agosto de 2021 - 17:33

Que tal levar em seu carro, para um “rolezinho”, o presidente Jair Bolsonaro ou o ex-presidente Lula mesmo que “encarcerado”? Mirando nas manifestações de 7 de setembro, um empresário do ramo da publicidade vem apostando nos “memes” para aquecer as vendas e atrair cada vez mais a clientela. Com muita criatividade, através de plotagens de fotografias em automóveis, a ideia vai muito além do bom humor característico do povo brasileiro, é pura crítica política e social.

“Essa ideia surgiu através de uma empresa de São Paulo, nós apenas copiamos deles, e trouxemos para cá. Compramos os direitos autorais das artes e estamos atendendo os clientes daqui de Porto Velho e região”, comenta o empresário, Gilliarde Sampaio.

Ao News Rondônia, Sampaio diz que a procura tem sido muito grande em Porto Velho, apesar de que a expectativa inicial não fora tão generosa. Em média, o serviço de plotagem de baixa durabilidade custa cerca de R$ 80 reais. “Fizemos um pacote especial para os nossos clientes que queiram esse tipo de serviço, e principalmente os que vão às manifestações”, diz.

Gilliarde frisa ainda que a empresa aposta também em frases de humor, de conceitos sociais e símbolos nacionais, mas adverte: “Nosso objetivo é vender. Não temos intenções partidárias e nem ideológicas, apenas comercial”.  

No Brasil, os primeiros registros de plotagens em automóveis com ‘memes’ envolvendo assuntos políticos foram registradas em 2015, no Governo de Dilma Rousseff (PT). À época, os adesivos causaram polêmica. As imagens de Dilma em situação vexatória, com as pernas abertas, circularam pelas redes sociais como “forma de protesto”. Um pedido de investigação foi elaborado pelo Governo Federal. De lá para cá a ideia ganhou força, sobretudo, na área do marketing e propaganda. 

Fonte - News Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.