Governo entrega medalhas de ‘Mérito do Proerd’ a militares e civis pelos serviços e contribuições ao programa

Durante a cerimônia, 47 militares e autoridades civis foram agraciados com a medalha do “Mérito do Proerd”, dividida em três graus: bronze, prata e ouro.
Terça-Feira, 31 de Agosto de 2021 - 10:26

O Governo de Rondônia, por meio da Polícia Militar (PM), promoveu nessa segunda-feira (30), no auditório do Teatro Guaporé, em Porto Velho, a solenidade de entrega de medalhas do “Mérito do Proerd”. A outorga destina-se a reconhecer e recompensar instrutores, personalidades, instituições civis e militares pelos relevantes serviços e contribuições feitas ao Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (Proerd).

Durante a cerimônia, 47 militares e autoridades civis foram agraciados com a medalha do “Mérito do Proerd”, dividida em três graus: bronze, prata e ouro. A cerimônia foi realizada observando os cuidados sanitários estabelecidos para evitar contágio contra o coronavírus.

Durante discurso, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alexandre Almeida, ressaltou que o programa é de excepcional relevância para a corporação, com tendência de mais expansão. “Com o passar do tempo, observamos a produtividade e o trabalho realizado em atuação na causa. É tirar das ruas, evitando que o jovem ou adolescente se envolva com as drogas”.

O secretário de segurança, defesa e cidadania, José Hélio Cysneiros Pachá, disse que quando o Proerd chegou em Rondônia, houve uma quebra de paradigma, com vários talentos descobertos para atuar com o projeto nas escolas. Quando comandou o 6º BPM em Guajará-Mirim, Pachá acompanhou de perto a ação do projeto e, por fim, destacou e parabenizou os militares pelos serviços prestados em prol do Proerd nos 21 anos de existência.

O governador Marcos Rocha lembrou de sua gestão como diretor do Colégio Tiradentes da Polícia Militar (CTPM), com o Proerd sendo executado nas salas de aulas e os resultados positivos que são reflexos até hoje. “São policiais que se dedicaram trabalhando nesta área, trabalhando pela prevenção do uso de drogas, salvando vidas. Que mais crianças e adolescentes sejam atendidos, ampliando mais essa ação junto as escolas e a sociedade”.

Para o coordenador estadual do Proerd, tenente José Dias, o programa gerou um resultado positivo na sociedade. “Desde a implantação do projeto no Estado, conseguimos realizar um importante trabalho nas escolas da capital e do interior de Rondônia. São mais de 285 mil alunos que foram atendidos e vamos alcançar 100% do Estado”.

Após os discursos, houve a cerimônia de entrega das medalhas, em grau bronze, às autoridades civis. Logo depois, os militares receberam as medalhas em grau bronze, prata e ouro do mérito, de acordo com o protocolo.

PROERD

A origem deste programa vem de meados de 1983, quando a polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, promoveu uma força-tarefa, visando prevenir o abuso de drogas destinado a crianças. A ação foi focada no público do ensino fundamental, sendo estudados vários outros programas para desenvolver o Drug Abuse Resistance Education (Educação sobre Resistência a Drogas – Dare).

O Proerd do Brasil é uma adaptação do Dare, que chegou ao país no ano de 1982, no Estado do Rio de Janeiro. Em Rondônia, as atividades do Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (Proerd) foram iniciadas em 2000, quando a corporação conseguiu trazer ao Estado o “I Curso de Formação de Instrutores”, sendo pioneiro na região Norte do país e a primeira Polícia Militar do Estado a sediar o curso.

Atualmente, o programa é desenvolvido em mais de 58 países e conta com quatro currículos educacionais: infantil, 5º ano, 7º ano e pais e está presente em quase todos os municípios do Estado de Rondônia. Ao longo de 21 anos, já foram atendidos com o apoio das secretarias estaduais e municipais de educação, mais de 285.504 alunos, dos quais foram incentivados pelos instrutores a se manterem longe das drogas.

Fonte - 010 - SECOM - GOV/RO

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.