NO SALÃO: Cabeleireira é conduzida para central de polícia por discriminar criança autista em na zona sul

Em determinado momento a criança ficou bastante agitada e a mãe pediu para acalmá-la.
Segunda-Feira, 30 de Agosto de 2021 - 21:31

Uma mulher foi presa na tarde desta segunda-feira (30), após ser acusada por uma mãe de uma criança de 2 anos com aspecto autista em um salão de beleza no bairro Nova Floresta, zona sul da capital. Conforme a mãe da criança, ela estava no salão com a filha que brincava enquanto ela fazia o cabelo.

Em determinado momento a criança ficou bastante agitada e a mãe pediu para acalmá-la, pois tinha autismo. A cabeleireira então proferiu as seguintes palavras: "Sangue de Jesus tem poder", a mãe se sentindo ofendida, acionou a Polícia Militar que conduziu a profissional para a Central de Flagrantes onde foi registrado um termo circunstanciado de ocorrência.

Fonte - News Rondônia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.