Créditos obtidos através do Banco do Povo geram histórias de superação durante a pandemia

Microempreendedores obtém facilidade de crédito durante momento de instabilidade econômica.
Terça-Feira, 24 de Agosto de 2021 - 17:39

O microempreendedor Edvan Martins, proprietário de uma marmitaria, recebeu recentemente da Prefeitura de Vilhena um cheque de empréstimo com juros reduzido e parcelamento facilitado através de ação do Banco do Povo/Casa do Empreendedor, mantidos em Vilhena pela Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio (Semtic). A entrega foi feita pelo prefeito Eduardo Japonês, juntamente com o secretário municipal de Turismo, Indústria e Comércio, Adilson Oliveira, o vereador Ademir Alves, além das servidoras Rita Corrêa e Vanusa Torres.

“Conheci esta opção de empréstimo através da Vanusa, quando a encontrei na Prefeitura. Conheço ela há muito tempo, que me convidou para um café na Casa do Empreendedor. Foi quando comentei que estava precisando de empréstimo. Me deram todas as informações, demos entrada e o crédito foi aprovado. Com este dinheiro vou comprar novos equipamentos e melhorar a estrutura do restaurante. Eu super indico este programa, estou muito contente por terem me dado esta oportunidade. Conseguir essas linhas de crédito sendo microempreendedor antes era difícil, mas aqui no Banco do Povo foi simples e objetivo”, aponta Edvan Martins, microempreendedor e proprietário de uma marmitaria.

A Casa do Empreendedor de Vilhena opera junto com a Semtic no Paço Municipal e auxilia empreendedores da cidade com liberação de crédito através do Banco do Povo e orientações de investimento. Desde o início das operações, a Semtic estima que cerca de R$ 6 milhões já foram solicitados através de microcréditos por mais de 200 microempreendedores de Vilhena, sendo que destes, mais de R$ 500 mil já foram pagos.

Adilson lembra que boa parte destes valores colaboraram para empresas em dificuldades durante a pandemia da covid-19. “Temos inúmeros casos de pessoas que nos procuraram mostrando a necessidade do crédito devido à pandemia, pois foram afetados das mais diferentes formas. Com a liberação do valor, esses microempreendedores conseguem superar este momento de turbulência e manter o negócio em funcionamento. São, muitas vezes, famílias que dependem daquele comércio para sobreviver. Ver que isto foi resolvido com o esforço dos servidores da Casa do Empreendedor faz pensar que estamos no caminho certo”, aponta.

O prefeito Eduardo Japonês, lembra que fortalecendo o comércio local, em especial os pequenos negócios, faz da cidade um município economicamente saudável. "Aqui na Prefeitura trabalhamos para garantir as ações de políticas públicas em prol de toda a população. Quando podemos ajudar as micro e pequenas empresas, é ainda melhor, pois estes pequenos negócios são grandes propulsores do desenvolvimento local”, destaca Eduardo Japonês.

Em Vilhena, considerando todos os atendimentos efetuados pela Casa do Empreendedor, apenas neste ano, já foram aprovados R$ 170 mil em microcréditos através do Banco do Povo e cerca de R$ 400 mil pelo Proampe (Programa de Microcrédito Produtivo Orientado de Rondônia). Os valores a cada beneficiado variam de R$ 300 a R$ 30 mil, tanto para empreendedores da área urbana quanto rural.

CONTATO - A Casa do Empreendedor funciona na Prefeitura de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, com atendimentos agendados. Informações e agendamentos podem ser feitos pelo telefone fixo que também funciona como WhatsApp institucional, 3322-6727. O atendimento também está disponível pelo e-mail semtic@vilhena.ro.gov.br.

Fonte - semcom@vilhena.ro.gov.br

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.