Por que é importante separar as roupas por cor e tecido na hora de lavar?

Confira dicas importantes para a lavagem das roupas sem o desgaste das peças e respeitando o tipo de tecido.
Segunda-Feira, 23 de Agosto de 2021 - 15:43

A hora de lavar roupas ficou muito melhor desde que as máquinas de lavar surgiram. Dos modelos mais simples até as que lavam e secam, qualquer tipo desse eletrodoméstico em casa já facilita e muito a vida de quem não tem tempo de lavar as roupas à mão.

Mas é sempre importante lembrar que não é só jogar as roupas na máquina e pronto. Para evitar surpresas na hora que o ciclo de lavagem termina, é preciso atenção às cores e tipos de tecido. Com certeza você já misturou tecidos que não podiam e algumas roupas ficaram cheias de fiapos, não é? E manchadas, então...

Por isso, um dos maiores cuidados na hora de lavar a roupa é separar corretamente as brancas das coloridas e, também, conforme os tecidos. Para ajudar suas peças a durarem mais, vamos começar com essas dicas na hora da lavagem?

Como separar as roupas na hora de lavar

A separação das peças deve ser, prioritariamente, por cores. Isso evita a transferência de cor, que pode ser irreversível nas roupas mais claras. Para começar, siga da seguinte forma:

●             Lave peças brancas só com brancas: é a regra mais básica. Não só evita manchas de outras cores como é possível usar produtos específicos e sem desbotar as coloridas;

●             Separe coloridas das escuras: o certo na ordem das cores são as brancas, tons mais claros, coloridas médias e, por fim, as escuras. Ou seja, seriam 4 ciclos de lavagem conforme as cores. No entanto, é importante que, ao lavar as peças coloridas pela primeira vez, fazer um teste para ver se ela não solta tinta mesmo;

●             Separe em tecidos semelhantes: roupas pesadas juntas, assim como tecidos mais leves.

●             Separe conforme a finalidade: roupas em um ciclo, roupas de cama em outro e assim por diante com toalhas e tapetes.

Cuidados ao lavar roupas brancas

Separando as peças brancas das demais, já é um ótimo passo para mantê-las livre de manchas e da transmissão de cores entre as demais. No entanto, só isso não garante aquela blusa branquinha, parecendo que saiu da loja, não é?

Confira agora alguns cuidados que te ajudam a deixar as peças brancas bem claras:

●             Use água quente para eliminar bactérias e conservar a cor;

●             Não use sabão em excesso. Ele pode não sair completamente e acabar manchando a peça;

●             Para completar, é possível usar produtos como cloro, alvejante e bicarbonato de sódio para tirar as manchas mais difíceis nas peças brancas.

Mas, claro, muita atenção ao tecido. Alguns desses produtos que citamos podem estragar peças de tecidos mais delicados.

Cuidado com os tecidos

No seu guarda-roupas você deve ter uma série de tipos de tecidos, não é? Na hora de lavar, alguns cuidados devem ser considerados para que o desgaste das suas peças seja o menor possível, especialmente quando falamos dos tecidos mais delicados.

Para não errar na hora de lavar, é bom conferir as sugestões para a lavagem daquela roupa na etiqueta. Geralmente, quando a peça exige um cuidado especial, é lá que fica especificado. Confira agora algumas dicas de acordo com o tecido da roupa:

●             Algodão: lavar na máquina de lavar com água morna para tirar a sujeira e o suor que fica na peça, assim você consegue evitar que o tecido fique manchado ou amarelado, no caso do branco;

●             Jeans: para evitar que o jeans desbote rapidamente, lave-o na máquina sempre do lado avesso, regra que deve ser respeitada na hora de passar também. Quando for colocar no varal para secar, evite colocar a peça onde o sol bate;

●             Lã: pode ser lavado à mão ou na máquina de lavar. Se você optar pela segunda opção, coloque a peça do avesso ou naqueles saquinhos para roupas delicadas;

●             Linho: regule a temperatura certa para lavar esse tipo de peça. Não pode ser muito quente e nem muito fria. Apesar de parecer delicado, ele é mais resistente que o algodão. Por isso, o foco na lavagem é com a cor da peça e não com o tecido;

●             Poliéster: esse tecido pode ser lavado tanto na máquina quanto a seco, mas é importante que seja a temperaturas mais baixas. O cuidado maior fica na hora de passar.

Tecidos que não podem ser lavados à máquina

Por outro lado, outros tecidos são tão delicados que não é recomendado que sejam lavados em máquinas. Aqui vai a lista:

●             Veludo;

●             Couro;

●             Camurça;

●             Paetês e bordados;

●             Crochê e tricô;

●             Renda.

Se você não tem tempo para lavar essas roupas à mão ou a seco em lavanderias, o ideal é ter uma máquina de lavar que ofereça um ciclo específico para o tecido. Saquinhos protetores também podem ser uma opção para peças que não tenham bordados e aplicações.

Essas dicas são incríveis e salvam suas peças de algum descuido. Agora é só aproveitar, segui-las e conservá-las por muito mais tempo!

Fonte - Assessoria

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.