PM’s e bombeiros são presos por integrarem organização criminosa armada que faz extorsões em RO

Ao todo, justiça autorizou nove mandados de prisão. Servidores moram em Ji-Paraná, mas cometiam os crimes em Cujubim; eles ameaçavam posseiros de terras.
Terça-Feira, 10 de Agosto de 2021 - 16:59

Nove servidores públicos, sendo policiais militares e bombeiros, foram presos durante uma operação que investiga uma organização criminosa em Rondônia nesta segunda-feira (9). A suspeita é que os PM’s e os bombeiros praticavam extorsão e integravam uma organização criminosa armada.

Segundo o Ministério Público do Estado de Rondônia (MP-RO), que coordenou a operação Soldado da Borracha, os militares e bombeiros são suspeitos de cometerem vários crimes na região do Soldado da Borracha, também conhecida como Estrada do Chaules, em Cujubim (RO).

A investigação aponta que o grupo de PM’s e bombeiro ameaçava posseiros de terras, dizendo-se proprietário dos lotes e assim forçava os moradores a desocuparem as áreas, tomando-as para si.

Ainda de acordo com o MP, para cometer as extorsões, a quadrilha de PM’s e bombeiros era estruturalmente ordenada, inclusive com divisão de tarefas, na região rural de Cujubim.

O grupo começou a ser investigado no ano passado. Os militares e bombeiros moram em Ji-Paraná, mas iam até Cujubim para cometerem o crime.

Os mandados de prisão foram expedidos pela 3ª Vara Criminal de Ariquemes. Foram 18 ações judiciais, sendo nove mandados de prisões preventivas e nove mandados de buscas e apreensões.

Crimes na Estrada do Chaules

Desde o começo de 2020, a região conhecida como Estrada do Chaules registra vários crimes de invasões, e até ataques contra residências.

Em agosto do ano passado, por exemplo, duas casas rurais foram alvos de roubo armado e incêndio criminoso. Utilizando violência e fazendo graves ameaças, os suspeitos expulsaram os dois trabalhadores rurais que estavam no lote.

Já em dezembro, uma casa de madeira foi totalmente destruída por um incêndio, também criminoso.

Fonte - 025-folha de vilhena

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.