Idosa de 94 proibida de comprar vestido de noiva por ser preta realiza sonho

Imagine que ela só queria um tradicional vestido de noiva, com rendas e mangas.
Sábado, 24 de Julho de 2021 - 10:56

Felizmente os tempos mudaram e uma idosa de 94 anos, que nos anos 1950 foi proibida de comprar um vestido de noiva por ser preta, finalmente conseguiu realizar o sonho da vida dela.

Na época do casamento, em 1952, Martha Tucker foi impedida de entrar na loja por causa da cor da pele. Imagine que ela só queria um tradicional vestido de noiva, com rendas e mangas.

Mas a política racista da época, nos Estados Unidos, separava brancos dos negros e não permitia que ela entrasse em lojas para noivas, no Alabama.

Resultado: Martha teve que se casar com um vestido simples mesmo.

A realização do sonho

Só agora, quase 70 anos depois, ela conseguiu usar o vestido tão esperado.

Enquanto assistia a cena de um casamento do filme “Coming to America”, ela revelou para a neta: “Sempre quis experimentar um vestido de noiva. Quando me casei, não tinha um.”

Angela Strozier ouviu aquilo com muita atenção e decidiu realizar o sonho da avó.

“Foi um motivo terrível pelo qual ela não pôde [se casar vestida de noiva […] Isso me chocou e me motivou a fazer isso”, disse Strozier ao Washington Post.

A surpresa

No último dia 3, ela e a família levaram a idosa até uma loja de noivas para que dona Martha finalmente se vestisse de branco.

“Eu queria que ela entendesse que um sonho adiado não precisava ser um sonho negado”, disse Angela ao jornal.

A jovem ainda contratou uma profissional para maquiar a avó.

Quando chegou na loja para experimentar o vestido, Martha estava radiante.

Veja o que ela disse: “Eu perguntei ao espelho,‘ Quem é aquela? Eu realmente não consigo explicar como me senti”, concluiu.

Fonte - 010 - sonoticiaboa

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.