MT - Bebê de 1 ano é espancado até a morte; polícia ainda investiga estupro

A mãe disse, inicialmente, que a criança havia sofrido uma queda. Na delegacia, porém, confessou o crime.
Sábado, 24 de Julho de 2021 - 09:58

Os pais de um bebê de apenas 1 ano e 9 meses foram presos, nesta sexta-feira (23), após a criança chegar morta na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cáceres (a 220 km de Cuiabá). Há suspeita de que a criança tenha sido espancada, além de ter sofrido abusos sexuais.

Conforme o boletim de ocorrência, o bebê teve uma parada cardiorrespiratória. Houve uma tentativa de reanimação, mas a vítima não resistiu.

Em depoimento inicial, a mãe disse que o bebê caiu de uma mureta na propriedade rural em que moram, chorou bastante e ela deu um banho para que ele acalmasse. Pela manhã, os pais notaram que a criança estava mole, fraca e sem responder aos chamados, por isso foram para a unidade de saúde.

Na delegacia, porém, a mulher confessou que o marido havia espancado o menino, porque ele estava chorando muito. Após o depoimento, os investigadores foram até a propriedade rural e também prenderam o pai do menino.

A mãe, de 20 anos e o pai, de 21 anos, foram encaminhados para a delegacia. Eles foram autuados pelos crimes de lesão corporal e maus-tratos seguido de morte. A Polícia Civil ainda aponta fortes indícios de abuso sexual.

“A genitora que tinha o dever de denunciar as agressões e proteger a criança, não o fez, ao contrário, se calou e permitiu as lesões que ocorriam diariamente contra o infante. Desse modo, a genitora responderá pelo homicídio qualificado pois se omitiu, juntamente com o agressor, o qual praticou as torturas e agressões, assumindo o risco do resultado morte”, disse a delegada Judá Maali, da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso.

Fonte - reportermT

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.