Fiocruz aponta que Rondônia apresenta crescimento na ocupação de leitos: PVH fica fora de alerta

O documento destacou que nenhum estado apresentou taxa de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos no SUS superior a 90%.
Quarta-Feira, 14 de Julho de 2021 - 18:56

A Friocruz publicou hoje (14) a “Edição do Boletim Observatório Covid-19” onde aponta queda nos indicadores da pandemia. O documento destacou que apenas quatro estados da Região Norte apresentaram crescimento no indicador de ocupação de leitos entre 5 e 12 de julho. Entre os citados, o estado de Rondônia. Segue na lista o Amazonas, Pará e Tocantins.

No Norte, os aumentos nas taxas observados em Rondônia e Pará, de 59% para 60%, e de 55% para 61%, levaram esses estados novamente para a zona de alerta intermediário. “Esse cenário não chega a configurar situações preocupantes, mas de alerta”, observam os pesquisadores.

Já o município de Porto Velho integra a seleta lista das 12 capitais que estão fora da zona de alerta, com ocupação de leitos de UTI inferior a 60%: Porto Velho (57%), Rio Branco (24%), Belém (48%), Macapá (52%), Natal (53%), João Pessoa (40%), Recife (50%), Maceió (55%), Aracajú (50%), Salvador (52%), Vitória (54%) e Florianópolis (53%).

"Mas, a priori, se avalia que as mudanças observadas podem estar dentro de margem de variabilidade. Goiás surpreendeu negativamente com o aumento substantivo na taxa de ocupação de leitos de UTI e a capital acima de 90%”, afirmam os cientistas.

O documento destacou que nenhum estado apresentou taxa de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos no SUS superior a 90%. A tendência de queda nos indicadores de incidência e mortalidade por Covid-19 foi mantida pela terceira semana epidemiológica consecutiva.

Fonte - NewsRondonia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.