Aos 13 anos, menina descobre talento em fazer maquiagens assustadoras, e vídeos viralizam

Mãe da estudante do Mato Grosso do Sul diz que ela não passava nada no rosto, 'nem um batonzinho', então a incentivou a fazer o primeiro curso. Dois anos depois, a estudante agora possui o próprio ateliê e sonha em atuar no cinema.
Quarta-Feira, 14 de Julho de 2021 - 09:36

Antes dos 13 anos, a estudante Flávia Bittarello Nichele era daquelas que não passava nada no rosto, "nem um batonzinho", nas palavras da mãe. Mas foi só chamá-la para participar de um curso de maquiagem, em Chapadão do Sul, na região nordeste do Mato Grosso do Sul, que tudo mudou.

A menina se apaixonou por esta área, fez inúmeras aulas de aperfeiçoamento, montou um estúdio em casa e agora passa as horas livres se maquiando e sonhando em atuar no cinema com a criação de personagens assustadores (assista ao vídeo acima).

"Eu fiz o curso porque a minha mãe insistiu. Era de uma amiga dela que estava vendendo maquiagem e cosméticos. Me apaixonei no mesmo dia e, seis meses depois, já estava fazendo um curso de maquiagem profissional e atendendo clientes", disse Flávia.

"Depois, em 2020, fui para o lado da maquiagem artística, que é o que eu mais gosto de fazer. Agora, com 15 anos, tenho o meu estúdio em casa, atendo clientes e tenho o sonho em atuar nessa área fora do país."

Segundo Flávia, após o primeiro curso ela ganhou um kit de maquiagem. A pandemia de Covid-19 fez ela se matricular em um treinamento online e também passar a se dedicar em vídeos para as redes sociais, mostrando o passo a passo da maquiagem. E muitos desses vídeos rapidamente viralizaram.

"Faço a maquiagem social, só que a que eu mais gosto é a artística. Nos meus treinos, sempre chamo meus familiares e até o meu pai já foi meu modelo. Minha irmã mais velha, meus primos e minha mãe sempre são. Eles sempre me incentivaram e me apoiaram muito. Após isso é que eu passei a fazer em outras pessoas e também a participar de concursos de maquiagem", comentou Flávia.

Para a adolescente, as maquiagens de halloween são as que mais lhe encantam.

"É uma produção enorme e isso tornou o meu passatempo. A intenção é chocar mesmo e o meu sonho é poder trabalhar fora do Brasil como maquiadora de efeitos especiais para o cinema."

"Eu sempre assisti filmes de terror, de aventura e ficava encantada com a maneira em que os personagens eram criados, ganhavam vida."

Atendimento em casa

Na rotina diária, Flávia disse que vai para escola e, ao retornar, faz atividades e só depois grava vídeos para as redes sociais. "Fico pensando em ideias para mostrar as maquiagens e isso fez com que várias pessoas me conhecessem aqui. Na rua, as pessoas falam: 'você é a menina que faz aquelas maquiagens assustadoras, né?!' Não parece, mas, tenho um pouco de vergonha, sou tímida", contou.

A mãe da artista, a contadora Lucimara Aparecida Bittarello Michele, de 42 anos, disse que é a "maior torcedora" e que estará sempre ao lado da filha.

"Eu vejo o brilho nos olhos dela toda vez em que fala da maquiagem. No meu caso, já aconteceu de chegar do trabalho e ver a minha filha toda cheia de sangue fake. Eu falo que ela surpreende sempre. É bem assustador, só que é o que ela ama fazer e nós até montamos um espaço para ela em casa", disse a mãe.

No ateliê, a adolescente atende clientes e também faz as filmagens para as redes sociais. "No começo eu fiquei apreensiva porque é algo muito diferente e que realmente deixa as pessoas chocadas. Ainda mais porque estamos em uma cidade pequena e acompanhei muitas noites de choro dela, dizendo que as pessoas não valorizam, não entendem. Nós somos evangélicos e muita gente da nossa convivência não entende. Só que é impressionante este talento dela."

"Para mim, sobra muita roupa para lavar e as paredes manchadas as vezes", brincou.

Fonte - 20 - Por Graziela Rezende, G1 MS

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.