Atendente de conveniência registra queixa por injúria contra mulher, após ser xingada e levar cusparada no rosto

A mulher teria se irritado com a operadora de caixa, quando passou a ofendê-la, chamando-a de “ridícula” e proferindo outros xingamentos.
Segunda-Feira, 12 de Julho de 2021 - 08:50

Na tarde de ontem, uma garota de 20 anos, que trabalha como caixa na conveniência de um posto de combustíveis denunciou na Polícia Civil de Vilhena ter sido vítima do crime de injúria.

Segundo a denunciante, por volta das 19:00h do dia anterior, ela estava em seu local de trabalho, quando chegaram um homem e duas mulheres. Os três, falando alto e até gritando, estavam bastante alterados.

Ao pedir cervejas, uma das mulheres questionou a atendente porque ela não abria as garrafas servidas. A moça estava em outro atendimento e informou que havia uma chave no balcão para que os próprios clientes abrissem as garrafas.

A mulher teria se irritado com a operadora de caixa, quando passou a ofendê-la, chamando-a de “ridícula” e proferindo outros xingamentos, o que teria levado outros clientes a irem embora do estabelecimento.

Antes de ir embora, a acusada foi até o balcão e disparou uma cusparada no rosto da vítima, que ficou sem reação diante de tamanha agressividade.

Embora não tenha conseguido anotar a placa do carro no qual o grupo havia chegado, a denunciante soube, por outros clientes, que o homem que acompanhava as mulheres é um sargento, e que o militar (cujo nome ela deu ao registrar a queixa) poderá identificar a agressora.

Fonte - 025-folha do sul

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.