Agricultores do antigo PAF Jequitibá e PA fundiário do INCRA apelam à prefeitura de Candeias por feirinha e remédios

O painel foi realizado na manhã da terça-feira (06) na sede da antiga Prefeitura da cidade e dela constou, além do Vice-Prefeito, o Ex-Vereador Lucio Rojas, contou a presença de um membro da Ouvidoria do Município.
Sexta-Feira, 09 de Julho de 2021 - 10:30

Candeias do Jamari (RO) –Chacareiros, sitiantes e agricultores propuseram ao prefeito Valteir Queiroz (Patriota), através do gabinete do Vice-Prefeito Toninho Cerejeiras, a criação, instalação e funcionamento de uma feira-livre em modelo de ECOPONTOS na Vila Nova Samuel.

O painel foi realizado na manhã da terça-feira (06) na sede da antiga Prefeitura da cidade e dela constou, além do Vice-Prefeito, o Ex-Vereador Lucio Rojas, contou a presença de um membro da Ouvidoria do Município.

Representantes de várias linhas onde o INCRA assentou numerosas famílias em terás da União, soldados da borracha ainda vivos e seus remanescentes, indicaram ao Executivo candeense, ‘o funcionamento de uma feira livre numa área central da Vila Samuel. O objetivo, segundo locais, ‘é criação imediata de emprego e renda a nós, agricultores’.

O destaque do painel de discussão com a Prefeitura ficou por conta das idéias e projetos, nessa inicial, apresentados por agricultores da Linha 50, ocupantes de espaços já existentes na divisa do antigo Projeto de Assentamento Florestal Comunitário (PAF Jequitibá) e do Projeto Fundiário sob a responsabilidade da 17ª Superintendência Regional do INCRA, em Rondônia.

Tendo em vista o Governo Federal ter investido recursos invejáveis na infra-estrutura dos dois projetos de incentivo ao agrupamento de agricultores em sistema de agrovilas setoriais e coletivas, ‘o PAF Jequitibá, que funcionou ao mesmo com o Projeto Fundiário, ambos foram considerados como modelos para a realidade de Rondônia e região’, admitiu um dos executores.

Após um princípio de consenso entre liderança que participaram do painel da terça-feira (6), parte dos agricultores da LP-50, a 17,5 quilômetros da Vila Nova Samuel e da Agrovila Terra Prometida, entre o PAF Jequitibá e o PA Fundiário do INCRA, ‘esperamos que neste domingo 11, uma caravana da Prefeitura possa se deslocar à região cuja missão é a realização de um diagnóstico sócio- econômico a ser enviado ao Presidente Jair Bolsonaro’. 

A garantia dessa medida, segundo fontes do Sindicato de Produtores Rurais, ‘será repassada ao menos dois integrantes da Bancada rondoniense no Congresso, ou seja, um deputado federal e um Senador, já favoráveis ao aproveitamento de terras da União por comunidades organizadas voltadas a execução de projetos sustentáveis’, informaram as fontes.  

Feira Livre para Vila Nova Samuel, ‘só isso não basta’, admitiu, nesta quinta-feira (8), o agricultor Raimundo Santos e Silva, 76, filho de soldado da  borracha, cuja terra doada na gestão do Governador Jorge Teixeira, em reconhecimento ao trabalho do pai na extração do látex durante a Segunda Grande Guerra (1939-45), ‘foi usurpada por fazendeiros, como de outros, por  grande madeireira’.        

PROPOSTA À PREFEITURA – Em questão de ajuda humanitária em meio à continuidade da prestação de serviços que já executa na zona rural e o eixo entre o antigo Projeto de Assentamento Florestal Comunitário e (PAF Jequitibá) PA Fundiário do INCRA, área destinada aos dois projetos de caráter sustentável para usufruto e sobrevivência das famílias assentadas pelo órgão, muito antes da existência da Floresta Nacional de Jacundá, os agricultores aguardam neste domingo servidores da Prefeitura para atendimento contra a malária, Dengue, COVID-19, casos de Difteria, vacinação contra gripe e, minimamente, manter a entrega coletiva de frasco com Hipoclorito usado no tratamento da água captada de rios, córregos e igarapés da região.  

Fonte - NewsRondonia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.