ESGOTAMENTO - Obra de esgotamento sanitário já instalou 43 quilômetros de rede de tubulação em Ji-Paraná

A construção da tubulação de esgoto em Ji-Paraná teve início no Bairro Boa Esperança. De lá, as equipes de trabalho seguiram para a Bacia 7, localizada no Bairro Nova Brasília.
Sexta-Feira, 09 de Julho de 2021 - 09:57

O Governo de Rondônia, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Transportes (DER), acompanha todo o desenvolvimento da obra de esgotamento sanitário em Ji-Paraná onde serão instalados 440 quilômetros (km) de tubulação e uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), para atender mais de 29 mil residências.  Realizada com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), na ordem de R$ 150 milhões, ao Estado compete a fiscalização técnica e aplicação dos recursos para que o projeto ocorra com eficiência dentro do prazo estabelecido em contrato.

No município, já foram executados cerca de 43 quilômetros de rede instalada, sendo 29 na Bacia 7; 10,9 na Bacia 8 e 3,4 na Bacia 10, contemplando 3.262 domicílios, dos quais, 2.328 estão localizados na Bacia 7; 710 na Bacia 8 e 224 na Bacia 10.

“Sobre a obra de esgotamento sanitário de Ji-Paraná, já temos 7,54% do projeto executado, restando 92% para sua finalização. Não há risco do Governo Federal cancelar esse contrato, que é um contrato a fundo perdido, sendo tocado pelo Estado, por meio de administração contratada”, explicou o coordenador do PAC, Gilson Castro.

“É uma obra de fundamental importância para comunidade, traz saúde, diminui a mortalidade infantil e ajuda muito no combate às doenças de veiculação hídrica. O município de Ji-Paraná vai ser beneficiado com quase sua totalidade quando essa obra for concluída, pois tem um alcance e uma importância muito grande”, enfatizou Gilson, afirmando também que “o Estado está fazendo gestão junto à Caixa Econômica para liberação da planilha e para que essa atualização seja concluída no mais breve espaço de tempo, para que tudo possa transcorrer da melhor forma possível e a obra possa ser reiniciada o quanto antes”.

Gilson Castro ressalta ainda que, além dos empregos gerados no município e toda a importância da obra para a economia local, “o principal de tudo é a melhoria nas condições de saúde pública. O governador tem solicitado o máximo de atenção e rigor, lembrando que saneamento básico é criança crescendo e se desenvolvendo, trabalhador produtivo, idoso com mais longevidade, é a saúde básica chegando para valer na vida da população”.

A construção da tubulação de esgoto em Ji-Paraná teve início no Bairro Boa Esperança. De lá, as equipes de trabalho seguiram para a Bacia 7, localizada no Bairro Nova Brasília.

Fonte - 010 - SECOM - GOV/RO

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.