Ponte sobre o Rio Arara: DNIT mostra o avanço dos trabalhos no canteiro de obras

A nova ponte vem sendo construída ao lado da antiga, a de metal.
Terça-Feira, 29 de Junho de 2021 - 18:26

Continuam a todo vapor as obras de construção da ponte sobre o Rio Arara, na BR-425, região de Nova Mamoré. Hoje (29), o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT) publicou algumas fotos que mostram como estão fluindo os trabalhos por lá, no canteiro de obras, e que segue normalmente o cronograma estabelecido para a empresa contratada executar o investimento do Governo Federal.

No momento, segundo a autarquia, as frentes de trabalhos continuam realizando o processo das fundações profundas do dispositivo que foi classificado como “Obra de Arte Especial” tendo em vista que vem sendo erguida próxima a um importante monumento construído há quase 100 anos. “A construção da ponte será feita ao lado e 3 metros acima da ponte antiga, para evitar que o nível das águas interrompa o tráfego na região”, informou.

A nova ponte vem sendo construída ao lado da antiga, a de metal. A mesma foi atingida pelas águas do manancial na cheia histórica de 2014 quando deixou parte da população de Nova Mamoré e Guajará-Mirim no isolamento.

“Consideradas patrimônio histórico de Rondônia, as pontes metálicas sobre os rios Araras e Ribeirão foram criadas durante a construção da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM) há mais de 100 anos. Com a conclusão das obras, haverá melhorias na trafegabilidade da região e na ligação até a capital, Porto Velho”, garante o DNIT.

Na mesma publicação, o Departamento anunciou que vem se preparando para iniciar outro importante trabalho, de construção da ponte sobre o Rio Ribeirão. Antes, porém, segue com uma intervenção na BR-435 realizando serviços de recuperação da via, com reciclagem contínua e execução de sub-base e base, além da execução de tratamento superficial duplo (TSD).

Fonte - NewsRondonia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.