Ministro de Minas e Energia pede o uso consciente de energia e descarta racionamento

O ministro ainda disse que o Brasil enfrenta uma das piores secas, mas descartou que aconteça um racionamento, como o que aconteceu em 2001.
Terça-Feira, 29 de Junho de 2021 - 09:04

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, pediu o uso consciente de energia elétrica e água durante pronunciamento em cadeira de rádio e televisão nesta segunda-feira (28).

“Para aumentar nossa segurança energética, é fundamental que, além dos setores do comércio, de serviços e da indústria, a sociedade brasileira, todo cidadão-consumidor, participe desse esforço, evitando desperdícios no consumo de energia elétrica, com isso, conseguiremos minimizar os impactos no dia-a-dia da população. O uso consciente e responsável de água e energia, reduzirá consideravelmente a pressão sobre o sistema elétrico, diminuindo também o custo da energia gerada”, disse Bento.

O ministro ainda disse que o Brasil enfrenta uma das piores secas, mas descartou que aconteça um racionamento, como o que aconteceu em 2001. “Hoje temos um setor elétrico robusto, que nos traz garantia do fornecimento de energia elétrica aos brasileiros”, afirmou Bento.

O ministro disse que encaminhou ao Congresso uma Medida Provisória para melhorar “a governança do processo decisório neste momento de crise hídrica” e que negocia com a indústria um programa voluntário para incentivar as empresas a mudarem o consumo para horários com menor demanda.

Fonte - 20 - Isto é

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.