Vencedores do Prêmio Lamas 2021 apresentaram trabalhos durante a Conferência FACTA WPSA-Brasil

Exposição foi realizada de forma remota pelos pesquisadores.
Segunda-Feira, 28 de Junho de 2021 - 16:18

A Fundação APINCO de Ciência e Tecnologia Avícolas (FACTA) promoveu nos dias 23 e 24 de junho, a apresentação dos trabalhos vencedores do Prêmio Lamas 2021, durante a Conferência FACTA WPSA-Brasil, inscritos nas categorias Nutrição, Sanidade, Produção e Outras Áreas.

Mais do que homenagear, o Prêmio objetiva divulgar ao setor os resultados do intenso trabalho de pesquisa e de experimentação desenvolvidos em Universidades e Centros de Pesquisa de todo o País, a fim de responder às questões levantadas pelo próprio setor produtivo nas diversas áreas especializadas na produção e processamento de produtos avícolas.

O nome do Prêmio é uma homenagem ao Prof. Dr. José Maria Lamas da Silva, respeitado técnico da avicultura brasileira, mestre da Escola de Veterinária da Universidade Federal de Minas Gerais e formador de centenas de técnicos hoje militantes na avicultura brasileira.

Os primeiros colocados de cada área foram premiados com uma inscrição para a Conferência FACTA WPSA-Brasil 2022 e os livros da Coleção FACTA.

Confira os ganhadores:

Sanidade

Vencedor: “Epidemiologia molecular do vírus da laringotraqueíte infecciosa das galinhas (lti) na região de Guatapará-SP” – Renato Luís Luciano (SA – 12), do Instituto Biológico Descalvado – São Paulo/SP.

2º lugar Menção Honrosa: “Avaliação sorológica de aves vacinadas com dispositivo eletromecânico em comparação com seringa manual” - Eric de Andrade Culhari (SA-16), da Phibro Animal Health Corporation, Guarulhos/SP.

3º lugar Menção Honrosa: “Capacidade de formação de biofilme em isolados de salmonella spp. provenientes de frangos de corte” - João Vitor Monteiro Berbert (SA-17), da Universidade Estadual de Londrina, Departamento de Medicina Veterinária Preventiva, Londrina/PR.

4º lugar Menção Honrosa: “Teste de sensiblidade aos anticoccidianos para eimeria maxima de granjas no estado de minas gerais” - Gleidson Biasi Carvalho Salles (SA-04), da Zoetis Indústria de Produtos Veterinários Ltda – São Paulo/SP.

Nutrição

Vencedor: " Desempenho, digestibilidade e morfometria intestinal de frangos recebendo quillaja e yucca)" – Catarina Stefanello (NU- 12), da Universidade Federal de Santa Maria, Departamento de Zootecnia, Santa Maria/RS.

2º lugar Menção Honrosa: “Metagenômica de frangos de corte tratados com aditivo fitogênico de extrato de castanheira” - Ellen Hatsumi Fukayama (NU-33), zootecnista, e diretora Técnica do BITA - Busca Inteligente em Tecnologia Animal - Brasil.

3º lugar Menção Honrosa: “Grãos secos de destilaria com solúveis (ddgs) na dieta de frangos de corte” - Pedro Afonso de Souza Ezidio (NU-27), Universidade Estadual de Maringá, Departamento de Zootecnia, Maringá/PR.

Produção

Vencedor: “Mineração de dados aplicada a dados produtivos de matrizes pesadas” -  Geórgia Caetano de Almeida (PR-08), médica-veterinária, PR.

2º lugar Menção Honrosa: “Relações dos ácidos linoleico e alfa linolênico no desempenho de incubação de codornas japonesas” - Leticia Aline Lima da Silva (PR-18), da Universidade Estadual de Maringá, Departamento de Zootecnia, Maringá/PR

3º lugar Menção Honrosa: “Efeitos de diferentes ambiental na produtividade de frangos de corte” - Marconi Italo Lourenço da Silva (PR-20), da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia – UNESP, Produção Animal e Medicina Veterinária Preventiva, Botucatu/SP.

Outras áreas

Vencedor: “Modelo fuzzy de classificação da vulnerabilidade de aviários de frangos de corte ao calor” – Milena Coutinho Franco (OA-16), da UFPR/SCA, curso Zootecnia, Curitiba/PR

2º lugar Menção Honrosa: “Desenvolvimento de um equipamento para mensurar a dor no sistema locomotor de frangos de corte” - Angélica Signor Mendes (OA-10) do Departamento de Agronomia e Zootecnia, Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR, Dois Vizinhos/PR.

3º lugar Menção honrosa: “Frequência das lesões histológicas indicativas de white striping e wooden breast em frangos de corte” - Vivian Aparecida Rios de Castilho (OA-06), da Universidade Federal da Grande Dourados, Departamento de Zootecnia, Dourados, Mato Grosso do Sul/MS.

Sobre a FACTA

A Fundação APINCO de Ciência e Tecnologia Avícolas (FACTA) é uma organização civil sem fins lucrativos, fundada em 10 de agosto de 1989, incorporando e ampliando atividades técnicas e científicas originalmente desenvolvidas por sua idealizadora e criadora, a APINCO – Associação Brasileira dos Produtores de Pintos de Corte.

Tendo como foco principal o fomento e a difusão de novos conhecimentos e tecnologias aplicáveis ao desenvolvimento sustentável da avicultura, a FACTA atende seus objetivos realizando eventos de atualização técnica, aperfeiçoando mão de obra operacional e técnica por meio de cursos específicos, divulgando conhecimentos avícolas através de publicações especializadas e estimulando a evolução técnica, científica e tecnológica da atividade pela dotação de prêmios de estímulo.

Fonte - Assessoria

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.