Fundador do “Picanha na Chapa”, vilhenense morre de infarto fulminante em Candeias do Jamarí

Itacir tinha ido à capital para visitar o irmão.
Segunda-Feira, 28 de Junho de 2021 - 09:43

O comerciante vilhenense Itacir Souza de Oliveira, 53 anos, morreu por volta das 5h deste domingo, 27, vítima de um infarto.

Itacir, que foi fundador do tradicional restaurante “Picanha na Chapa”, havia ido para Porto Velho, junto com sua esposa, Neli, à serviço e para consulta médica, respectivamente.

O casal aproveitou para ir até a casa do irmão de Itacir em Candeias do Jamarí, distante 25 quilômetros da capital.

Entrevistada pelo Extra de Rondônia, Neli informou que o infarto foi fulminante. “Fizemos massagens cardíaca um bom tempo, sem parar. Estava meu sobrinho, irmão dele e minha cunhada, mas não teve jeito”, disse.

Devido aos procedimentos de praxe, o corpo chegará por volta das 21h a Vilhena, e o velório ocorrerá, provavelmente, na manhã desta segunda-feira, 28, no cemitério Cristo Rei.

Neli agradeceu a manifestação de apoio, solidariedade e carinho de todos.

Fonte - 025-extra de rondonia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.