Após pressão da carreata, governo de Rondônia promete intervir junto aos municípios para acelerar vacinação de bancários e cooperativários

Fernando Máximo disse que vai contactar os titulares das Secretarias de Saúde de todos os municípios rondonienses.
Sexta-Feira, 18 de Junho de 2021 - 16:12

O discurso forte e incisivo dos representantes dos trabalhadores, em frente ao Centro Político-Administrativo (CPA) de Rondônia, na avenida Farqhuar, em Porto Velho, durante a carreata pela "Vacina Já" para bancários e cooperativários (promovida na manhã desta sexta-feira, 18/6), chamou a atenção de Fernando Máximo, titular da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), que imediatamente entrou em contato com dirigentes do Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia (SEEB-RO) e os convidou para uma reunião em seu gabinete, para tratar do tema levado a conhecimento de toda a população nesta manhã.

No encontro, realizado logo após o encerramento da carreata, o secretário estadual de Saúde disse aos dirigentes sindicais José Toscano (presidente em exercício), Euryale Brasil (Jurídico), Cleiton dos Santos (Esporte e Cultura) e Wanderson Modesto (Imprensa) que a reivindicação pela inclusão dos bancários e trabalhadores de cooperativas de crédito nos grupos prioritários para a vacinação contra a covid-19 é justa, e merece ser levada a sério com urgência.

Fernando Máximo disse que vai contactar os titulares das Secretarias de Saúde de todos os municípios rondonienses, a fim de alcançar, através deste abrangente diálogo, uma solução estratégica para incluir estas duas importantes categorias de trabalhadores nos planos municipais de imunização contra o novo coronavírus.

"Não é a solução ideal que buscávamos, mas já é um avanço diante de um cenário onde, desde o início, houve tanta rejeição dos governantes e representantes políticos às nossas reivindicações que, sobretudo, objetivam cessar tantas perdas que já tivemos em nossas casas, famílias e locais de trabalho. Aguardaremos agora, na esperança de que esta promessa do titular da Secretaria Estadual de Saúde, que representa o governo estadual, que por sua vez é tão alinhado ao governo federal, não fique apenas nas palavras. Torcemos para que a nossa luta, para salvar vidas, seja realmente levada em consideração e traga uma conscientização aos administradores e secretários de saúde dos municípios rondonienses de que se nós, bancários e cooperativários somos essenciais na pandemia, também devemos ser prioritários na vacinação", menciona José Toscano, presidente em exercício do SEEB-RO.

 

.

Fonte - Assessoria

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.