No Amazonas, filha encomenda o assassinato da mãe; vítima foi morta a facadas por traficantes

No ano passado, a vítima já havia feito um boletim de ocorrência contra a filha. Ela teria pego o cartão do banco.
Quinta-Feira, 17 de Junho de 2021 - 21:35

Raquel Costa de Oliveira,19 anos, foi presa em casa no mesmo local em que a mãe adotiva, Maria Isabete da Costa Ferreira, 58 anos, foi morta com pelo menos 12 facadas desferidas no último domingo, (13) em Manaus.

No depoimento, a delegada Marília Campello, adjunta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) informou que Raquel confessou ter sido a mandante do crime. Ela também assumiu ter planejado a morte para traficantes do bairro Zumbir dos Palmares, Zona Leste de Manaus. Para dar cabo da vítima, Raquel pagou R$ 2.500,00 aos assassinos.

No cenário do crime, os peritos identificaram manchas de sangue nas paredes. A Polícia acredita que a vítima tentou correr e sofreu antes de morrer. “Eles entraram na casa, arrombaram a parte de trás da residência. Raquel sabia de tudo que ia acontecer, porque ela combinou assim com eles. No depoimento, ela disse que não sabia que seria de faca, que eles tinham combinado que seriam de um tiro de pistola, mas não sabemos até que ponto ela fala a verdade, visto que já mentiu tanto nos depoimentos anteriores”, revela a delegada.

A morte da comerciante, segundo a delegada tinha um objetivo, Raquel pretendia ficar com o dinheiro de um pequeno comércio que a mãe tinha no bairro. No ano passado, a vítima já havia feito um boletim de ocorrência contra a filha. Ela teria pego o cartão do banco.

Mas foi pelo excesso de mentiras que a delegada conseguiu derrubar o álibi apresentado por Raquel. Uma testemunha ouvida apresentou provas de que Raquel é sim a principal suspeita pela morte de Maria Isabete da Costa Ferreira, sua mãe adotiva.

Fonte - NewsRondonia

Comentários

Siga-nos:

POLITICA DE PRIVACIDADE

Todos os direitos reservados. © News Rondonia - 2021.